• Campanha da Santa Missa
  • Vencer 03
  • Vencer 02
  • Vencer 01
  • Prerrogativas da advogacia
  • Peregrinos da fé
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Vereador anuncia R$ 1 milhão para compra de respiradores

Joaquim do Arroz se reuniu com secretário e indicou a aplicação de recursos para equipamentos

21/03/2020 08:46h

Diante do grave quadro de pandemia do Coronavírus o vereador Joaquim do Arroz (Sem Partido) decidiu, após reunião com o Presidente da Fundação Municipal de Saú­de de Teresina, Manoel Mou­ra Neto e o Secretário de Pla­nejamento, José João Braga, destinar um milhão e meio de reais em emendas não execu­tadas para a aquisição de 30 respiradores artificiais. Os aparelhos são fundamentais para o tratamento do Corona­vírus e devem ser instalados em Unidades de Terapia In­tensiva da Capital.

O parlamentar quer o aumento no número de equipamentos. Foto: Assis Fernandes. 

Até o momento o Piauí já registrou três casos confirma­dos de Coronavírus. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), estudos recen­tes revelam que dos pacientes hospitalizados com o novo coronavírus na China, 6,1% precisaram de ventilação me­cânica, sendo que a maioria são pacientes dos grupos de riscos como idosos, pessoas com doenças respiratórias crônicas (como asma), com doenças cardíacas, diabéti­cas e hipertensas. Na Itália a ausência do equipamento tem sido a principal causa de óbitos.

 Joaquim do Arroz explica como o recurso será alocado na Fundação Municipal de Saúde e comenta a importân­cia dos respiradores.

“Decidimos alocar cerca de um milhão e meio em emen­das não executadas para a compra de 30 respiradores para a Fundação Municipal de Saúde. Um dos maiores problemas com o Coronaví­rus em outros países é a falta de respiradores artificiais ne­cessários após complicações respiratórias. A fundação está fazendo um levantamento de todas as emendas não exe­cutadas para a aquisição dos equipamentos que serão ins­talados em unidades de Te­rapia Intensiva da Teresina” disse o parlamentar.

Após a destinação da verba o executivo pretende adquirir os equipamentos no mercado nacional.

Edição: Adriana Magalhães
Por: Jorge Machado, do Jornal O Dia

Deixe seu comentário