Uruçuí pode ter maior fábrica de ração animal do Nordeste

Para investir no Estado, o governo ofereceu ao grupo 15 anos de isenção fiscal. Foi solicitou também a construção de 6 mil unidades habitacionais na região.

04/09/2013 13:03h

Compartilhar no

O governador Wilson Martins (PSB) falou, durante pronunciamento na abertura do seminário Piauí que a Gente Quer, sobre o interesse do Grupo Tomazini em implantar um complexo agroindustrial na região de Uruçuí, com fábrica de rações, armazéns, granja, incubatório, esmagadora de grãos e frigorífico.


Governador participa de abertura do seminário Piauí que Queremos

Como parte desse complexo, o grupo pretende instalar no Sul do Estado a maior fábrica de ração animal do Nordeste. “Isso tornaria o Piauí autossustentável e um exportador do produto”, disse o governador.  

Para investir no Estado, o governo ofereceu ao grupo 15 anos de isenção fiscal. Foi solicitou também a construção de 6 mil unidades habitacionais na região. No mês de julho, Wilson Martins visitou o parque industrial do grupo, localizado em Pires do Rio, Goiás.

Piauí 2050 – Teve início nesta quarta, e vai até amanhã, o seminário Piauí que a Gente Quer, promovido pelo governo do Estado para traçar o Plano de Desenvolvido Econômico Piauí 2050. O evento pretende discutir, junto com vários setores da sociedade, um plano de desenvolvimento sustentável para as próximas décadas.

Segundo o secretário de Planejamento, Cézar Fortes, haverá outros dois seminários. O Plano deve estar pronto até maio de 2014. “É a primeira vez que o Piauí tenta desenvolver esse trabalho. Trata-se de um plano de Estado, e não de governo”, afirma Fortes.

Os seminários vão discutir ações e propostas para setores estratégicos de desenvolvimento do Piauí como energia, indústria, extrativismo, agroindústria, infraestrutura, turismo e educação.

Compartilhar no
Por: Nayara Felizardo

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário