TSE cancela sessão da noite desta quarta, mas Gilmar sugere celeridade

Gilmar disse que, se necessário, a corte se reunirá até sexta-feira (9). Inicialmente, as sessões estavam marcadas até quinta (8).

07/06/2017 12:12h

Compartilhar no

os ministros do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) interromperam a sessão no fim da manhã para debater sobre em que horários continuar a sessão de julgamento da chapa. Ficou definido que não haverá sessão na noite desta quarta-feira (7), que os trabalhos serão retomados na quinta-feira (8) e poderão durar o dia todo. Também foi levantada a possibilidade de os trabalhos se estenderem em uma sessão extraordinária na sexta-feira (9).

Herman Benjamim, ministro relator do processo da chapa de Dilma e Temer, disse que se recupera de um problema respiratório e pediu para que a sessão desta noite, antes marcada para 19h, fosse suspensa.

Gilmar Mendes, presidente do TSE, pedirá a Carmen Lúcia, presidente do STF, que os ministros que integram as duas cortes possam faltar nas sessões de quinta (8) do Supremo para comparecer ao julgamento no TSE. A sessão prosseguiu após esse debate.

Gilmar

Ao propor e marcar sessões extras e sugerir aos ministros do TSE que deixem de ir a suas sessões no STF (Supremo Tribunal Federal) e no STJ (Superior Tribunal de Justiça), o presidente da corte, Gilmar Mendes, indica estar disposto a encerrar o julgamento em breve, sem pedidos de vista.

Compartilhar no
Fonte: Folhapress

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário