TRE-PI só julgou 25,69% dos pedidos de registros de candidaturas

Prazo encerra dia 5 e o Tribunal estuda a possibilidade de realizar sessões extras.

26/07/2014 12:07h

Compartilhar no

A Corte do TRE-Tribunal Regional Eleitoral do Piauí faz esforço concentrado e realiza sessões extras para conseguir julgar até o dia 05 de agosto todos os processos de pedidos de registros de candidatura. Dos 397 pedidos, a Corte do Tribunal só julgou até agora 102 registro, o que corresponde a 25,69%. Para conseguir cumprir o prazo determinado pela lei, com menos de duas semanas, o TRE-PI estuda a possibilidade de realizar sessões extras no turno da tarde.

Dos registros julgados até agora, apenas o candidato a deputado federal, Afrânio Gomes de Sousa (PSC), teve o pedido indeferido. A Corte do TRE-PI ainda pôs em diligência o registro do candidato a deputado federal, Raifran de Araújo Bastos e Silva (PPL). O candidato tem 72 horas para apresentar documento que comprove que ele faz parte dos quadros de filiação do PPL-Partido Pátria Livre.

Os processos julgados até agora não envolvem os 79 pedidos de impugnações realizados pelo Ministério Público Eleitoral por meio do procurador Kelston Lages. A Corte iniciou o julgamento por processos mais simples e que foram homologados por um juiz eleitoral em decisão monocrática.

Nas sessões extras, além dos pedidos de registros de candidaturas, serão priorizadas também, as representações por propaganda eleitoral irregular. “O TER-PI com dedicação total para cumprir o prazo. Neste momento, os relatores levam os processos para plenário, depois de analisados nos gabinetes. mas deve ter sessão extra para estes julgamentos devido ao número de processos e representações.”, disse o presidente do TER, desembargador Edvaldo Moura.

Compartilhar no
Por: Lídia Brito - Jornal O Dia

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário