Trabalhadores param o centro de Teresina em adesão à Greve Geral

Diversas categorias se reuniram na praça Rio Branco. Trabalhadores querem fim das reformas trabalhista e previdenciária, e a saída de Michel Temer da presidência.

30/06/2017 10:33h - Atualizado em 30/06/2017 14:32h

Compartilhar no

Trabalhadores e diversas categorias se reuniram na praça Rio Branco, no Centro de Teresina, em concentração para iniciar as manifestações do dia de Greve Geral no Piauí. Com um carro de som os representantes se revezam ao microfone para protestar contra as reformas da previdência e trabalhista, e contra o governo Michel Temer. Outras manifestações acontecem em todo o Brasil.

“Estamos diante do maior ataque, sem precedentes, com essas reformas”, disse o presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Correios do Piauí. “Hoje, as reformas trabalhista e previdenciária já refletem nos Correios: terceirização, precarização, fechamento de agencias...”, enumerou os sindicalistas. A categoria estava presente na praça Rio Branco usando seu característico fardamento amarelo e azul. Trabalhadores da Eletrobrás e Agespisa também estavam no local, trazendo sua pauta contra a subdelegação das empresas.

(Foto: Assis Fernandes/ O Dia)

A greve geral teve a adesão de categorias tanto do setor público quanto do privado. Trabalhadores rodoviários, urbanitários, servidores públicos federais e municipais estavam presentes, assim como bancários, comerciários e outras categorias do setor privado.

Marco Aurélio, diretor de formação sindical do Sindicato dos Radialistas do Piauí (Sintertelpi), comentou que o ato é um recado dos trabalhadores aos parlamentares. “Há o entendimento que enquanto essa pauta regressiva, do ponto de vista social e econômico, estiver no Congresso, as manifestações vão acontecer e se intensificar”, disse.

Pelas ruas do Centro de Teresina, foi possível ver mais manifestantes seguindo para a concentração na Praça Rio Branco, carregando bandeiras e cartazes contra o governo Michel Temer. Os trabalhadores farão uma caminhada pelas ruas do Centro da capital, com a chegada na Igreja São Benedito.

(Foto: Assis Fernandes/ O Dia)

(Foto: Assis Fernandes/ O Dia)

Compartilhar no
Edição: Nayara Felizardo
Por: Andrê Nascimento

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário