• Natal
  • Policlinica
  • Motociclista
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Titulares retornam e suplentes deixam a Assembleia Legislativa

A intenção é que eles acompanhem as discussões a respeito dos novos pedidos de empréstimo e também a respeito da Lei Orçamentária Anual de 2020.

03/09/2019 06:58h

Os seis deputados estaduais que ocupavam o comando de secretarias no governo Wellington Dias retornaram à Assembleia Legislativa nessa segunda-feira (02). A intenção é que eles acompanhem as discussões a respeito dos novos pedidos de empréstimo e também a respeito da Lei Orçamentária Anual de 2020. 

O deputado Wilson Brandão (Progressistas), que ocupava a secretaria de Mineração e Energias Renováveis, explicou que a decisão de retornar ao legislativo foi tomada em conjunto pelo seis parlamentares. De acordo com ele, o objetivo é garantir que as bases eleitorais não fiquem desprestigiadas no orçamento de 2020. 

“É mais que correto que nós estejamos aqui, na Assembleia, para discutir obras que são de interesse dos municípios que nós somos votados, ou seja, recursos que serão disponibilizados para obras de infraestrutura”, explicou Wilson Brandão. 

Já o deputado Flávio Nogueira Júnior (PDT), que ocupava a secretaria de Turismo, destacou que o retorno dos parlamentares titulares para a Assembleia foi previamente comunicado aos suplentes e ao governador. Ele também fez questão de destacar a necessidade de estar presente nas discussões sobre o orçamento e novo pedidos de empréstimo. 


A chegada dos titulares surpreendeu alguns suplentes e deve causar esforço político para o governador - Foto: Elias Fontinele/O Dia

“Esses recursos serão utilizados, sobretudo, em obras de infraestrutura que é muito importante para os municípios, para os piauienses. São obras que impulsionarão o desenvolvimento do Estado, nas mais diversas áreas, inclusive o Turismo, pasta que eu estava a frente até então. Queremos participar dessa discussão tão importante para o Estado, para os municípios que a gente representa”, disse Flávio Júnior. 

O retorno dos deputados titulares pegou de surpresa os suplentes que ocupavam cadeiras na Assembleia Legislativa, que compareceram normalmente à sessão plenária dessa segunda-feira. 

A deputada Belê Medeiros (Progressistas), uma das suplentes que deixa a casa após o retorno dos titulares, afirmou que recebe a informação com naturalidade. Ela acredita que o governador deve atuar para minimizar o impacto da decisão dos parlamentares. 

“Eles têm direito. O mandato é deles. Estão lá a chamado do governador para assumir secretarias. Eu acredito que a gente vai ter essa situação contornada da forma mais tranquila possível”, avaliou Belê. 

Quem volta, quem sai? 

Retornam à Assembleia Legislativa os titulares: Wilson Brandão (Progressistas), Flavio Junior (PDT), Pablo Santos (MDB), Fábio Novo (PT), Janaína Marques (PTB) e Zé Santana (MDB). Deixam a casa os suplentes:  B. Sá (Progressistas),Warton Lacerda (PT), Cícero Magalhães (PT), Ziza Carvalho (PT), ), Belê Medeiros (Progressistas) e Elisângela Moura (PC do B).

Por: Natanael Souza - Jornal O Dia

Deixe seu comentário