• Curta Doar
  • Teresina 167 anos
  • Casa dos salgados
  • Novo app Jornal O Dia

Teresa: Flávio Júnior foi 'infantil' ao sugerir apoio psicológico

Afirmação de Flávio foi feita depois que Teresa fez pronunciamento cobrando providências das secretarias de Turismo e do Meio Ambiente, bem como da Prefeitura de Luís Correia, para a poluição das praias no litoral do estado.

08/08/2019 16:00h - Atualizado em 09/08/2019 08:27h

A deputada Teresa Britto (PV) classificou como "desrespeitosa" e "infantil" a declaração feita pelo secretário estadual de Turismo, o deputado licenciado Flávio Nogueira Júnior (PDT), que afirmou que a parlamentar deveria "procurar apoio psicológico para se acalmar".

A afirmação de Flávio foi feita depois que Teresa fez um pronunciamento, na sessão ordinária da última terça-feira (6), denunciando a poluição nas praias do litoral piauiense, e cobrando providências das secretarias estaduais de Turismo e do Meio Ambiente, bem como da Prefeitura de Luís Correia. 

"Tudo o que eu falei na Assembleia foi a mais pura realidade. Quem conhece o litoral do Piauí sabe que lá tem muito descaso. A sujeira existe, bem como a falta de infraestrutura. Se você vai às praias do Ceará, que nosso estado vizinho, você constata que é completamente diferente o tratamento dado aos visitantes. Então, o que precisa é que ele [Flávio Júnior] cresça, amadureça, buscando fazer uma gestão comprometida, porque quando eu me manifestei não foi desqualificando o colega deputado. Foi buscando que ele, juntamente com a Secretaria de Meio Ambiente e com os prefeitos, possam fazer um trabalho conjunto, planejado, para termos praias com infraestrutura para atrair mais visitantes. Porque praias belas nós já temos, mas precisa dessa infraestrutura. São coisas simples, que não necessitam de muito dinheiro", rebateu Teresa.

A deputada Teresa Britto (Foto: Divulgação Alepi)

A parlamentar disse, ainda, que em nenhum momento teve a intenção de desqualificar o secretário Flávio Nogueira Júnior, e que seu pronunciamento foi feito com o objetivo de contribuir, depois de ter recebido reclamações sobre a situação das praias do Piauí. 

A deputada também afirmou que, embora esteja no primeiro mandato na Assembleia, tem muito mais experiência no Legislativo do que Flávio Júnior. E sugeriu que o secretário passe a seguir seu exemplo de atuação parlamentar.

"Respeito o colega e quero o respeito do meu colega. Deixa a infantilidade, o autoritarismo de lado, e coloque o bem-comum acima de tudo. É isso o que nós precisamos fazer. Eu tenho uma história na Câmara Municipal de Teresina. Tenho mais experiência do que o colega no parlamento. Num parlamento forte, que é a Câmara, onde passei 14 anos [...] A população está vendo o meu interesse, o meu trabalho e a minha dedicação a este parlamento. E minha vaga na Assembleia Legislativa não foi ganhada de presente - de pai, de irmão, de parente -, mas sim com muito trabalho, com uma história de vida em defesa dos cidadãos, em defesa dos serviços públicos", afirmou Teresa.

Por: Cícero Portela e Lalesca Setúbal

Deixe seu comentário