TCE bloqueia contas de 10 prefeituras após irregularidades

Com o bloqueio, os gestores ficam impedidos de fazer pagamentos, saques e outras movimentações.

12/04/2019 06:51h

Compartilhar no

O Plenário do Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) aprovou nesta quinta-feira (11), por unanimidade, o bloqueio das contas bancárias de 10 prefeituras e 20 câmaras municipais. 

Após a decisão dessa quinta-feira, ficam bloqueadas as contas das prefeituras de: Colônia do Piauí, Dirceu Arcoverde, Jardim do Mulato, Luzilândia, Novo Oriente do Piauí, Passagem Franca do Piauí, Pimenteiras, São Julião, Sebastião Barros e União.         

Também são alvo da decisão do TCE as câmaras municipais de: Aroeiras do Itaim, Arraial, Barreiras do Piauí, Batalha, Betânia do Piauí, Curralinhos, Francisco Ayres, Gilbués, Guadalupe, Lagoa Alegre, Paes Landim, Parnaguá, Passagem Franca do Piauí, Ribeira do Piauí, Rio Grande do Piauí, Santo Antônio dos Milagres, São Gonçalo do Piauí, São Raimundo Nonato, Sebastião Barros e de Simões.      


A corte de contas também decidiu pelo bloqueio de regimes próprio de previdências - Foto: Ascom TCE

Os bloqueios foram solicitados pelo procurador do Ministério Público de Contas (MPC) José Araújo Pinheiro Júnior, por conta da inadimplência no envio das prestações de contas referentes ao período até dezembro de 2018. 

Com o bloqueio das contas, os gestores ficam impedidos de fazer pagamentos, saques e outras movimentações bancárias. A decisão será comunicada aos bancos para que o bloqueio seja efetivado. 

O TCE também decidiu bloquear as contas do Regime Próprio de Previdência Social de Juazeiro do Piauí e Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento do Território dos Cocais.

Compartilhar no
Por: Natanael Souza - Jornal O Dia

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário