• SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Solidariedade mantém pleito pela vaga de vice na chapa do PSDB

Na sua avaliação, o SD tem todas as condições políticas para disputar a vaga.

05/02/2020 12:57h - Atualizado em 05/02/2020 16:29h

O deputado Evaldo Gomes, presidente do diretório estadual do Solidariedade (SD), não esconde as intenções do partido para as eleições municipais do próximo ano, que é ampliar a representatividade da sigla em todo o Piauí, sobretudo em Teresina, onde espera indicar o vice na chapa liderada pelo PSDB.

Pleito feito ainda no ano passado, o parlamentar reforçou o desejo de indicar o vice do pré-candidato tucano. Na sua avaliação, o SD tem todas as condições políticas para disputar a vaga.


“Temos isso como prioridade. Somos um partido que já deu demonstrações aqui em Teresina, onde temos uma base consistente, tanto é que nosso grupo sempre tem tido bons resultados na capital, sobretudo elegendo parlamentares. Compreendemos que esse resultado positivo e essa militância nos fortalece para que possamos indicar o vice”.


Apesar disso, o deputado negou que a indicação seja um fator decisivo para permanência ou não do SD na base aliada do prefeito Firmino Filho, como chegou a ser cogitado nos bastidores. “Não existe nenhum diálogo nesse sentido [...] A gente não pode querer exigir algo colocando a faca no pescoço de quem quer que seja. Acho que o momento agora é de muita calma e cautela”, pontuou.

Proporcional

Em meio às discussões em torno de alianças majoritárias, Evaldo Gomes mantém otimismo quanto à montagem chapa dos candidatos a vereadores do seu partido. A intenção é ampliar a bancada do SD, para isso, tem tentado atrair novas lideranças aos quadros da sigla, inclusive vereadores de mandato, como Enzo Samuel, em litígio com o PCdoB.

“Acho que não é mais segredo para ninguém, estamos negociando com o vereador Enzo, que é um parlamentar bem atuante e está com uma certa dificuldade de parcerias e diálogos dentro do seu partido de origem. Ele tem conversado conosco. A expectativa é muito boa que ele possa de fato se filiar ao Solidariedade. Estamos conversando com ele e com outros nomes”, finalizou o mandatário.


Edição: João Magalhães
Por: Breno Cavalcante

Deixe seu comentário