Sérgio Miranda pede exoneração do governo e volta para o TRE-PI

Ex-secretário de Planejamento do Estado é analista judiciário do Tribunal Regional Eleitoral

12/08/2012 17:14h

Compartilhar no

O ex-secretário estadual de Planejamento, Sérgio Gonçalves de Miranda (PT) foi exonerado do Governo do Estado. Miranda estava exercendo cargo em comissão de superintendente de Cooperação Técnico-financeira da Secretaria de Governo. A exoneração foi a pedido do próprio Sérgio Miranda, e a portaria foi publicada no Diário Oficial do Estado no dia 9, com efeitos a partir de 8 de agosto.

Na portaria não há os motivos que levaram ao pedido de exoneração. Sérgio Miranda revelou que é analista judiciário do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e que estava cedido ao Governo do Estado desde 2006 e que agora terá que voltar as funções no órgão. "O presidente do TRE baixou uma portaria determinando o retorno de todos os servidores que estavam cedidos para suas comarcas de origem", explicou, acrescentando que está lotado em São Raimundo Nonato.

Sérgio Miranda foi secretário estadual de planejamento do Governo do Estado por seis anos, tendo assumido o cargo desde o governo Wellington Dias (PT). Com a saída de Dias e entrada do governador Wilson Martins (PSB), Miranda foi convidado a permanecer na pasta como cota pessoal do governador. No entanto, em maio, Sérgio Miranda pediu exoneração da pasta alegando que já estava há muito tempo no comando do órgão. O petista, entretanto, continuou como integrante da equipe econômica do Estado, ocupando a pasta de superintendente de Cooperação Técnico-financeira, que trata das questões mais ligadas a operações de créditos e financiamentos.

Em seu lugar, à frente da Secretaria de Planejamento, assumiu o economista César Fortes. "Foi uma experiência extremamente positiva. Hoje entendemos os limites financeiros do Estado e conseguimos trabalhar nas operações de empréstimos que totalizaram quase R$ 2 bilhões, negociando o pagamento da melhor forma para o Estado e possibilitando que o Piauí hoje possa fazer investimentos", concluiu.

Sérgio Miranda foi secretário de Planejamento do Estado por seis anos (Foto: Arquivo O DIA)

Compartilhar no
Fonte: Mayara Martins / Jornal O DIA

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário