• show Legião Urbana
  • casa gourmet 2018
  • TV O DIA - fullbanner w3b
  • TV O Dia - fullbanner

Rodrigo diz não ter pressa pra decidir novo partido ao qual vai se filiar

Deputado afirma que aproximação do PSB com PT o fez decidir por desfiliação.

21/11/2018 13:41h

O deputado federal Rodrigo Martins (PSB) afirmou nesta quarta-feira (21), em entrevista à O DIA TV, que decidiu deixar o PSB por não concordar com a aproximação que a sigla mantém com o Partido dos Trabalhadores.

Martins lembra que, em discussão interna no comando nacional do partido, foi uma das poucas vozes que se manifestou contra a aliança. Como sua posição foi minoritária, entendeu que a desfiliação do partido é o caminho mais coerente que pode seguir. 


O deputado federal Rodrigo Martins (Foto: Chico Ferreira / Divulgação PSB)


"Infelizmente, o PSB, no âmbito nacional, ficou muito atrelado ao Partido dos Trabalhadores, e, por razões ideológicas, por razões de coerência, eu fui eleito parlamentar na oposição, e permaneço na oposição, tanto em nível estadual quanto em nível federal, até o último dia de mandato, que vai ser concluído agora. E não tinha como nos aproximarmos do PT aqui. Como fui um voto vencido dentro do diretório nacional, e o incomodado é quem se retira, nós vamos sair do PSB no dia 1º de fevereiro de 2019", justifica Rodrigo, que não tentou a reeleição no pleito deste ano, e, a partir de janeiro, fica sem mandato eletivo. 

Questionado sobre os planos políticos para 2020, Rodrigo afirma que, por enquanto, ainda não pensa nas próximas eleições, e que pretende retomar seu posto de odontólogo no município. Por outro lado, ele admite que pode, sim, ser candidato daqui a dois anos - tanto a vereador quanto a prefeito.

Nova casa - O deputado diz não ter pressa para definir o partido ao qual pretende se filiar. "Eu tenho um prazo. Se for pensar em ser candidato nas próximas eleições, tenho até seis meses antes da eleição. Então, eu vou ficar um período ainda sem nenhuma filiação, mas nós vamos conversar, certamente. Não é necessário ter um mandato eletivo para que você possa fazer política. A nossa intenção é concluir o mandato de deputado federal, prestar contas desse mandato com a população piauiense - do que nós fizemos e do que nós trouxemos aqui para o estado - e, em seguida, pensar em militar em um novo partido", afirma Rodrigo Martins.

Por: Cícero Portela

Deixe seu comentário






Enquete

Um jovem morreu ao sofrer descarga elétrica colocando celular para carregar. Quais cuidados você toma em relação a isso?

ver resultado