• Campanha da Santa Missa
  • Vencer 03
  • Vencer 02
  • Vencer 01
  • Prerrogativas da advogacia
  • Peregrinos da fé
  • Novo app Jornal O Dia

PT pode realizar prévia para definir chapa proporcional em Teresina

Dudu acredita que até o dia das convenções partidárias o PT chegará a um entendimento em torno da sua proporcional.

19/03/2020 12:25h

A busca por cadeiras na Câmara Municipal de Teresina (CMT) tem sido bastante concorrida, antes mesmo da campanha eleitoral. Por conta de uma grande quantidade de correligionários aptos a participarem do pleito a vereador, o Partido dos Trabalhadores (PT) não descarta a realização de prévias para definir as vagas.


O vereador Edilberto Borges, o Dudu, membro do diretório municipal da agremiação


“Enquanto tem partido com problema na quantidade de lideranças para serem candidatos, o PT está é sobrando. Vamos conversar internamente, para que não precise, em momento oportuno, se fazer prévia para definirmos os nomes para participar do pleito”.

O inchaço de postulantes petistas, no entanto, não é encarado como um grande problema. Apesar de ressaltar mecanismos capazes de contornar a situação, Dudu acredita que até o dia das convenções partidárias o PT chegará a um entendimento em torno da sua proporcional.

“O que abunda não prejudica. Temos os instrumentos para ter o controle disso. Se lá na frente tivermos mais de 44 candidatos sem um afunilamento de entendimento, tem a prévia, que determina quem serão os candidatos, mas acredito que não será necessário isso”, avalia o vereador.

Sem coligações, a legislação eleitoral estabelece que a chapa proporcional de cada partido tenha no máximo 150% dos assentos disponíveis para o legislativo municipal. Como na capital piauiense serão 29 cadeiras em disputas, cada sigla poderá ter até 44 candidatos. 

Edição: João Magalhães
Por: Breno Cavalcante

Deixe seu comentário