• Banner Cultura Governo do PI
  • Obras no Litoral Cultura
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

PT adia novamente decisão sobre candidatura para a próxima segunda

O anúncio do pré-candidato oficial à Prefeitura de Teresina pelo partido estava marcado para acontecer ontem (30).

31/10/2019 07:05h

O diretório municipal do Partido dos Trabalhadores decidiu adiar para a próxima segunda-feira (4), o anúncio do nome do pré-candidato oficial da sigla para a disputa pela prefeitura em 2020, inicialmente marcada para essa quarta-feira (30).  A mudança foi realizada como uma última forma de viabilizar o entendimento entre os nomes da sigla que disputam o posto: Fábio Novo, Franzé Silva e Júnior do MP3.


Leia também: Teresina: PT adia escolha de pré-candidato à Prefeitura para dia 30  


A reunião de segunda-feira acontecerá na sede do diretório estadual do partido, no centro de Teresina, e deverá contar com as presenças do governador Wellington Dias (PT), da vice-governadora, Regina Sousa, e de outras lideranças do PT da capital.


Franzé, Fábio Novo e Júnior do MP3 colocaram seus nomes na disputa - Foto: Divulgação

Para a definição do nome, o diretório municipal do PT vai levar em consideração o desempenho dos pré-candidatos em uma nova pesquisa de intenção de votos encomendada para a capital. 

A tendência é que o deputado estadual Fábio Novo seja o nome oficializado, caso a nova pesquisa reflita o que mostraram as demais, que apontaram o parlamentar como o nome de melhor desempenho entre os pré-candidatos do Partido dos Trabalhadores.

Júnior do MP3 diz que Fábio Novo será abandonado por lideranças do PT

O líder comunitário Júnior do MP3, pré-candidato a Prefeitura de Teresina pelo Partido dos Trabalhadores, voltou a afirmar nessa quarta-feira (30) que setores dentro da sigla trabalham contra a ideia de lançar uma candidatura própria em 2020. Ele acredita que, caso tenha o nome oficializado, o deputado estadual Fábio Novo vai ser ‘abandonado’ pelas principais lideranças do PT na disputa pelo Palácio da Cidade. 

“No meio do caminho vão abandoná-lo. Já disse isso pra ele, fraternalmente conversando. O Fábio Novo é um bom cidadão, um bom político, bom parlamentar e bom petista, mas tem gente que está tramando porque quer fortalecer a candidatura do parente, tem gente que precisa se reeleger, e precisa desses apadrinhamentos”, disse.


Júnior critica petistas que, segundo ele, não querem candidatura própria do partido - Foto: Elias Fontinele/O Dia

Júnior do MP3 defende que a escolha do candidato seja feita através de prévias e diz que vai recorrer às instâncias partidárias para garantir o direito de permanecer na disputa interna. “Vamos recorrer o que for possível. Eles sabem que tenho que ter 10% das assinaturas das pessoas que votaram no PED para poder ir para as prévias e estão fazendo de tudo para que eu não tenha, o que é mais ou menos 260 assinaturas. Eles sabem que não vou desistir e nem aceito essas negociações”, disparou.

Por: Natanael Souza, do Jornal O Dia

Deixe seu comentário