• Curta Doar
  • Teresina 167 anos
  • Casa dos salgados
  • Novo app Jornal O Dia

PSDB não cogita ter mulher como candidata a prefeita

Entre os aliados do prefeito que podem concorrer à sua sucessão, nenhuma mulher consta na lista.

15/08/2019 06:52h

Dentre os muitos nomes que despontam para representar o PSDB nas eleições municipais do ano que vem em Teresina, nenhum deles é mulher. É o que revelou o vereador Edson Melo, presidente do diretório tucano da capital, em entrevista ao Jornal O Dia nesta quarta-feira (14). 

"Isso não está, no momento, sendo cogitado [...] Não estamos fechando a porta, mas no momento os nomes cogitados não apontam para nenhuma mulher", disse o presidente tucano, que no entanto, não descarta a possibilidade da participação feminina na chapa. “Pode ser como vice, seria uma chapa que se torna mais simpática  para a população”, complementa. 


O presidente municipal do partido afirmou que a sigla vai lançar 13 candidatas à Câmara Municipal - Foto: Assis Fernandes/O Dia

A tendência nacional é que o PSDB tenha mais candidaturas de mulheres na disputa do comando de capitais nas eleições de 2020, haja visto que há quatro anos atrás o partido só conseguiu eleger uma única prefeita dentre as 26 capitais brasileiras. Em Teresina, Melo frisa que a determinação é cumprir a cota feminina na chapa proporcional. 

“Iremos lançar um terço de mulheres, teremos 13 candidaturas de mulheres no PSDB, aliás, nomes excelentes que, em sua maioria, se destacam profissionalmente ou participam da equipe administrativa do prefeito Firmino Filho”, pontuou o vereador. 

Vale ressaltar que Edson Melo já admitiu a possibilidade do PSDB abrir mão de ter candidatura própria e apoiar o nome de um outro partido da base aliada de Firmino Filho, como o Progressistas (PP), que tem apontado em seus quadros o nome da deputada Margarete Coelho como potencial candidata ao Palácio da Cidade.

Por: Breno Cavalcante - Jornal O Dia

Deixe seu comentário