PMT apresenta proposta para solucionar crise dos ônibus; SETUT tem 48h para responder

Proposta será entregue aos empresários pelo secretário de Planejamento. Detalhes da proposta serão apresentados somente amanhã pela Prefeitura.

08/09/2021 12:10h - Atualizado em 08/09/2021 12:38h

Compartilhar no

Atualizada às 12h38min

Ao final da reunião com os secretários e vereadores, Dr. Pessoa (MDB) deu um prazo de 48 horas para que o SETUT responda se aceita ou não a proposta que será feita pela Prefeitura. Os detalhes desta proposta serão apresentados somente amanhã (09) durante coletiva de imprensa, mas o prefeito já anunciou que o objetivo é fazer com que Teresina volte a ter ônibus em quantidade suficiente para fazer a integração funcionar.

A Prefeitura disse ainda que recebeu um documento do SETUT com as reivindicações dos empresários para solucionar de vez a crise dos ônibus na capital e que, junto com sua proposta, apresentará também a resposta ao sindicato. “Eles têm até sexta-feira para tomar uma decisão se aceitam ou não. Se quiserem conversar, também estamos abertos. Se não, vamos nos reunir novamente e tomar uma decisão”, afirmou Dr. Pessoa.


Dr. Pessoa deu prazo de 48 horas para o SETUT se pronunciar sobre a proposta da Prefeitura - Foto: Reprodução


Iniciada às 12h10min

O prefeito de Teresina, Dr. Pessoa (MDB) está reunido com secretários e vereadores na manhã desta quarta-feira (08) para discutir a proposta que será apresentada aos empresários para resolver o problema do transporte coletivo da capital. Participam do encontro o vice-prefeito e secretário de Finanças, Robert Rios; o secretário municipal de Planejamento, João Henrique Sousa; o presidente da CPI do Transporte, vereador Dudu Borges; e o presidente da Câmara, vereador Jeová Alencar.

Além deles, também estão no encontro, representantes da Strans, o secretário de Administração, Leonardo Silva; e representantes da Procuradoria-Geral do Município (PGM). A proposta na qual a Prefeitura trabalha para fazer aos empresários prevê, dentre outros pontos, que o Governo do Estado arque com a meia-passagem dos estudantes das escolas públicas estaduais. 


Foto: Rômulo Piauilino/Semcom

O controle da bilhetagem eletrônica dos ônibus também deverá ser repassado para a Prefeitura por meio da Strans. Hoje, ela está sob controle do SETUT (Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Teresina). A proposta será fechada e encaminhada aos empresários pelo secretário de Planejamento, João Henrique Sousa.

Procurado pela reportagem do Portalodia.com, o vice-prefeito e secretário de Finanças, Robert Rios, disse que todas as tratativas relacionadas ao tema transporte público serão conduzidas agora pelo próprio prefeito, Dr. Pessoa, que é quem deve se manifestar diretamente. 

Setut disse que segue dialogando

Procurado, o SETUT afirmou que ainda não teve acesso à proposta apresentada pela Prefeitura de Teresina e acrescentou que assim que receber o documento, fará sua análise. “Seguimos dialogando com os entes municipais a fim de um consenso entre as partes para solucionar os problemas do setor de transporte público de Teresina”, afirmou.

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário