• Curta Doar
  • Teresina 167 anos
  • Casa dos salgados
  • Novo app Jornal O Dia

Porto de Luís Correia: Governo apresenta PPP para concluir obra de 40 anos

Construção do porto já demandou do Governo cerca de R$ 500 milhões. Projeto de parceria público-privada deve ir para consulta pública até julho.

12/02/2019 12:01h

O Governo do Estado vai apresentar nos próximos meses de março e abril, o projeto de Parceria Público-Privada (PPP) do Porto de Luís Correia. Espera-se que, com o contrato com o setor privado, a obra que se arrasta há 40 anos possa finalmente ser finalizada. A construção já demandou dos cofres públicos cerca de R$ 500 milhões e, segundo o governador Wellington Dias, não há mais recursos nem pelo Estado e nem pelo Governo Federal para fazer a conclusão.

A declaração foi dada durante a assinatura do contrato de outra PPP, que cedeu o Ginásio Verdão para a iniciativa privada. “A proposta é que o setor privado receba os investimentos já feitos e possa investir ali. Desse investimento, espera-se a geração de atividade econômica e de receita”, explicou Wellington Dias.


Obra do Porto de Luís Correia se arrasta há 40 anos - Foto: Divulgação/MPF-PI

Vale lembrar que o Piauí é o único estado brasileiro com faixa litorânea que não possui um porto e isso, na avaliação do chefe do Executivo, representa um entrave para o desenvolvimento a economia do Estado. De acordo com Dias, o Piauí possui um grande potencial de exportação que só será devidamente valorizado com a existência de um porto em seu litoral.

“Temos na região as maiores reservas de mármore, temos frutas, pescados, tem uma boa produção de grãos chegando ao Norte e a produção de madeira. Vamos ter ali também um potencial maior nessa área de turismo, justamente pela proximidade com o Porto de São Luís do Maranhão, que fica a uns 600 Km de Luís Correia, e ao Porto de Fortaleza, que fica a uns 500 Km. O Delta será mais valorizado, porque a obra vai dar mais condição de atracação de embarcações turísticas. Teremos uma movimentação maior que dará mais visibilidade econômica ao nosso litoral”, discorreu o governador.


"O Piauí possui um grande potencial de exportação que só será devidamente valorizado com a existência de um porto em seu litoral", disse Wellington Dias" - Foto: Poliana Oliveira/O Dia

Amanhã, Wellington Dias comparecerá a um roadshow em São Paulo, em um evento promovido pela Associação Brasileira de Infraestrutura e Desenvolvimento. Na ocasião, o gestor apresentará as oportunidades de investimento que o Piauí possui. Nos próximos dois meses, a proposta de PPP do Porto de Luís Correia será posta à iniciativa privada e a expectativa é que até julho, o projeto esteja pronto para ser levado a consulta pública.

A Superintendência de Parcerias e Concessões do Estado confirmou que os estudos técnicos apontaram a viabilidade econômica da entrada da iniciativa privada no investimento do porto. Para a superintende de PPP’s, Viviane Moura, o projeto vai além de engenharia e contempla também uma estrutura econômica.

“Estamos falando de um projeto que influencia toda uma região, movimenta toda uma cadeia nacional e internacional e os resultados desses estudos são fundamentais para que a gente possa atrair o mercado e fazê-lo vir se instalar aqui e investir no porto. Essa etapa do roadshow é importante para que a gente torne o nosso processo licitatório mais competitivo”, explicou Viviane Moura.

O objetivo de apresentar o projeto de PPP aos investidores da iniciativa privada é não só terminar a obra, como também ceder à empresa vencedora da licitação a operação do porto.

Por: Maria Clara Estrêla, com informações de Breno Cavalcante

Deixe seu comentário