• SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

PL deve definir vice de Fábio Abreu nas convenções partidárias

Perfil religioso de candidatos agrada líderes da sigla para disputar a eleição municipal.

04/02/2020 08:24h

Consolidado o nome do secretário estadual de Segurança Pública, Fábio Abreu, como pré-candidato a Prefeitura de Teresina, o Partido Liberal (PL) busca agora intensificar o diálogo com outras agremiações para composição da sua chapa. Apesar de muitos postulantes à vaga de vice, a definição só deve acontecer nas convenções partidárias.

Leia também: Fábio diz ser absurdo comparar gestão municipal com estadual 

“Não temos condição de avaliar essa situação no momento. Vamos esperar mais um pouco, ver como ficam as definições e vamos tomar essa posição mais adiante, no período das convenções”, afirmou o deputado Fábio Xavier, presidente do PL no Piauí, que no entanto, coloca as disposições quanto ao pleito sobre a responsabilidade do diretório municipal.

O mandatário ainda descartou qualquer possibilidade de recuo da sigla, no sentido de abrir mão da cabeça de chapa para compor com outro partido, como sugeriu o presidente estadual do Partido dos Trabalhadores (PT), deputado Assis Carvalho, ao manifestar recentemente desejo de ter Abreu em uma dobradinha com Fábio Novo, pré-candidato petista.


PL deve definir vice de Fábio Abreu nas convenções partidárias - Foto: O Dia

Xavier reconheceu o bom relacionamento entre as legendas, porém, considera inviável a possibilidade de ambas abrirem mão de suas estratégias políticas na capital. Ele também cita conversas com outras lideranças, inclusive ligadas a atual gestão municipal. “Dialogamos inclusive com o próprio PSDB, se for o caso. Não temos nenhum tipo de problema com nenhum partido, somos abertos e falamos com todos”.

Perfil

Se ainda há indefinição quanto à formação de aliança para formação da sua chapa majoritária, o PL tem traçado um perfil para a escolha deste nome. “O vice tem que ser uma pessoa que saia dos vários movimentos que existem no Piauí, e o segmento religioso é um dos que muito nos interessa”, finalizou Xavier.

Por: Breno Cavalcante, do Jornal O Dia

Deixe seu comentário