• SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Surpreso, W.Dias aguarda retorno de deputados ao secretariado

Gestores retornaram à Alepi. Apesar de já notificado, os pedidos de exonerações ainda não foram publicados no Diário Oficial do Estado.

04/09/2019 06:53h - Atualizado em 04/09/2019 18:42h

O retorno de seis deputados que ocupavam o comando de secretarias da administração estadual, à Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi), também surpreendeu o governador Wellington Dias (PT). Apesar de já notificado, os pedidos de exonerações ainda não foram publicados no Diário Oficial do Estado.

“Resolveram voltar em razão de um conjunto de matérias que serão encaminhadas para a Assembleia e eles tem interesse em acompanhar”, disse o chefe do Executivo estadual, que conta com o retorno destes, que pretendem acompanhar as discussões a respeito dos novos pedidos de empréstimo e também a respeito da Lei Orçamentária Anual de 2020, à sua equipe administrativa o mais breve possível. 


O governador diz que foi pego de surpresa, mas que em breve tudo estará normalizado politicamente - Foto: Assis Fernandes/O Dia

Retornam ao legislativo os deputados Wilson Brandão (Progressistas), Flavio Júnior (PDT), Pablo Santos (MDB), Fábio Novo (PT), Janaína Marques (PTB) e Zé Santana (MDB), provocando a saída dos suplentes:  B. Sá (Progressistas),Warton Lacerda (PT), Cícero Magalhães (PT), Ziza Carvalho (PT), Belê Medeiros (Progressistas) e Elisângela Moura (PC do B).

Dias ressalta que este movimento não é novidade, já que muitos parlamentares que ocupam cargos no Executivo costuram voltar ao Legislativo em votações importantes. Ele garante que não há impasse entre os membros da base aliada nem prejuízos para a administração pública. 

“Temos um substituto natural, uma espécie de subsecretário em cada área. A orientação é a de sempre que sair alguém, ter um substituto automático, especialmente em situações em que parece ser provisória”, finalizou o governador.

Por: Natanael Souza - Jornal O Dia

Deixe seu comentário