Novo prefeito de Palmeirais é o mais jovem do País

Reginaldo Júnior (PDT) assumiu ontem (6) o cargo de prefeito interino

07/08/2013 07:45h - Atualizado em 07/08/2013 21:17h

Compartilhar no

O Piauí passou a ter, nesta terça-feira (6), o prefeito mais jovem do Brasil. Aos 21 anos, o presidente da Câmara de Palmeirais, Reginaldo Júnior (PDT), foi empossado prefeito interino do município, após a cassação do mandato de Paulo César Vilarinho (PTB). Reginaldo deve ficar no cargo até a realização de novas eleições na cidade. 

Ao assumir o posto, ele desbancou o prefeito de Chaval (CE), considerado o mais novo do País até então.

Ambos têm 21 anos, mas Reginaldo só fará aniversário no dia 19 de dezembro, enquanto o prefeito de Chaval, Pacheco Neto (PSD), completa ano no dia 4 de setembro.  

Lideranças do PDT prestigiando a posse de Reginaldo Júnior, ao centro (Foto: Reprodução/Facebook)

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Reginaldo Soares Veloso Júnior é natural de Teresina, solteiro e possui ensino médio completo. Ele foi eleito com 420 votos, o correspondente a 4,58% do total, tendo concorrido pela mesma coligação de Paulo César Vilarinho, “A União que Vem do Povo”.

O prefeito de Chaval, Pacheco Neto, também é piauiense, originário de Parnaíba, litoral do estado. É casado e possui ensino superior incompleto.

Reginaldo discursando na posse (Foto: Erick Costa)

Nas eleições de 2012, dos 9 candidatos com 21 anos inscritos, além de Pacheco Neto, outros três foram eleitos:Valéria do Manin (PR), prefeita de Araioses (MA); Pinheirinho (PP), prefeito de Ibirité (MG), e Divaldo Soares (PSDB), prefeito de Viçosa do Ceará (CE). Passado o pleito, todos já completaram 22 anos.

Cassação de Vilarinho

O prefeito Paulo César Vilarinho perdeu o mandato por decisão da juíza Júnia Maria Fialho, da 31ª Zona Eleitoral. A magistrada considerou que as atas das convenções partidárias da coligação de Vilarinho apresentam irregularidades.

Ele recorreu da decisão junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PI). O julgamento do recurso foi suspenso, ontem, após pedido de vistas do juiz Valter Alencar Rebelo. Agora, o caso será apreciado somente na próxima segunda-feira (12).


Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário