"Ninguém deve interferir na decisão", considera o Fábio Xavier sobre cargos

Para o presidente do PR, a montagem da nova equipe deve ser pensada de forma a contribuir com o bom funcionamento do Executivo.

22/03/2019 06:52h

Compartilhar no

O presidente do Partido da República (PR) no Piauí, deputado Fábio Xavier, garante que não faz pressão alguma quanto a ocupação de cargos na gestão do governo estadual. Para ele, a montagem da nova equipe deve ser feita de acordo com a conveniência do governador Wellington Dias (PT), de forma a contribuir com o bom funcionamento do Executivo. 

“Defendo que o governador é a pessoa que tem as maiores informações, as mais completas informações vamos dizer assim, para tomar a decisão que entender conveniente. Acho que ninguém pode estar colocando a forma como ele deve montar o seu governo, eu jamais faria isso”, afirma o deputado. 

Vários membros da base aliada do governo têm pedido urgência na distribuição dos cargos na gestão estadual, principalmente os do interior. Já Fábio Xavier, cotado para a pasta de Cidades, ressalta e reforça que a posição do seu partido é aguardar um posicionamento do governador petista. 


Fábio Xavier, cotado para a pasta de Cidades, diz que o PR vai aguardar um posicionamento de Dias - Foto: Poliana Oliveira/O Dia

“Nada contra a avaliação que os outros partidos fazem, mas a nossa, do PR, e posso falar isso como líder do partido, é que o governador tome a "Ninguém deve interferir na decisão", considera o Fábio Xavier sobre cargos decisão que entender como a mais conveniente para que ele tenha um governo profícuo e de realizações para o Piauí.” 

Reforma Administrativa 

A definição do novo secretariado estadual só deve acontecer após a aprovação da Reforma Administrativa, que ainda tramita na Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi). A expectativa de Xavier é que o pacote de alterações na estrutura do Executivo estadual seja aprovado já na próxima semana pelos demais colegas da casa. 

“Precisávamos tomar essa medida para que o governador conseguisse deixar o Estado equilibrado, de maneira que consigamos trabalhar para levar adiante as muitas conquistas que nós tivemos durante o governo anterior, e que durante todo esse novo governo vamos precisar realizar muito mais ainda, para melhorar a qualidade de vida do nosso povo”, argumenta Xavier.

Compartilhar no
Por: Breno Cavalcante - Jornal O Dia

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário