Mulher grita 'te amo, Temer', e passa mal no chão diante do Planalto

Ela foi atendida por socorristas no local, colocada em uma cadeira de rodas e levada para atendimento médico no Planalto.

07/06/2017 18:12h

Compartilhar no

Uma mulher tentou entrar no Palácio do Planalto, em Brasília, dizendo que amava o presidente Michel Temer e que precisava vê-lo. Gritando "Eu te amo, presidente Temer", ela foi contida por seguranças e se deitou no chão, alegando que estava passando mal. Ela foi atendida por socorristas no local, colocada em uma cadeira de rodas e levada para atendimento médico no Planalto.

De acordo com o Gabinete de Segurança Institucional, a mulher se chama Janethe Rosa. Ela chegou à porta do palácio por volta de 10h30 dizendo que precisava encontrar Temer e que "não iria embora sem encontrar com a autoridade". Segundo um segurança do Planalto, Janethe já tinha tentado entrar no prédio antes, dizendo que era filha da ex-presidente Dilma Rousseff.

O episódio ocorreu no mesmo dia do julgamento que pode cassar a chapa vencedora das eleições presidenciais de 2014, formada por Dilma Rousseff e Michel Temer, pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que foi retomado às 9h.

Enquanto isso, o peemedebista disse que só sairá do governo em 31 de dezembro de 2018. Nesta quarta-feira, houve mais uma tentativa de agenda positiva no Palácio do Planalto e Temer pregou "otimismo" ao anunciar R$ 190,25 bilhões para o Plano Safra agropecuário.

Compartilhar no
Fonte: Extra

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário