Morre em Teresina o ex-deputado de Floriano Adelmar Pereira

Internado em um hospital particular da capital o ex-prefeito de Floriano morreu por falência múltipla dos órgãos

29/08/2021 09:57h - Atualizado em 29/08/2021 10:15h

Compartilhar no

Faleceu na madrugada deste domingo o médico e ex-deputado estadual Adelmar Pereira da Silva. Internado em um hospital particular da capital o ex-prefeito de 79 anos morreu por falência múltipla dos órgãos. Adelmar foi prefeito de Floriano por seis anos, entre 1977 e 1983, e foi eleito Deputado Estadual pelo PDS em 1986 com uma votação histórica na cidade.O Prefeito de Floriano, Joel Rodrigues (PP), decretou luto por três dias.

Funcionário de carreira do INSS o ex-prefeito era uma das figuras mais fortes da política em Floriano e deixa uma família de 8 filhos. O ex-gestor foi responsável por obras impactantes na cidade, como o Anel Viário, a Rodoviária, Prefeitura e Câmara Municipal e implantação, em parceira com o governo do Estado, do Hospital Regional Tibério Nunes e Agespisa. Foi também durante sua gestão que, em parceria com o Governo Federal, inaugurou a ponte que liga Floriano a Barão de Grajaú.

O velório acontece na Pax União e o enterro será as 17 horas no Cemitério Jardim da Ressurreição.

FOTO: Arquivo Pessoal

Em virtude do falecimento a Prefeitura de Floriano decretou luto por três dias; veja a nota oficial do órgão;

NOTA DE PESAR

"Lamentamos imensamente pelo falecimento do ex-prefeito e ex-deputado, médico Adelmar Pereira, aos 79 anos. Homem visionário com grande história de obras e serviços por Floriano, não só como político, mas como médico. Foi prefeito entre os anos de 1976 a 1982 e deputado estadual, de 1984 a 1988. Todo o nosso sentimento de pesar à família, a qual peço a Deus por seu conforto. Por este momento tão triste, decretamos luto oficial de 3 dias no município de Floriano.

Joel Rodrigues da Silva - Prefeito de Floriano"

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário