• Novo app Jornal O Dia
  • ITNET
  • TV O DIA att
  • TV O Dia - fullbanner

Marden diz que mudança na reforma administrativa foi vitória dos servidores

A bancada da oposição apresentou requerimento, na quarta-feira (27), pedindo a retirada da mensagem de número seis, sob a justificativa de que o servidor público do Estado não pode ser penalizado com a reforma

02/03/2019 08:50h


O deputado Marden Menezes compõe o bloco de oposição ao governo (Foto: Elias Fontinele/ODIA)

O deputado estadual Marden Menezes (PSDB) avaliou a decisão do governo do Estado de retirar do pacote de medidas da reforma administrativa, a mensagem que pedia o congelamento de salários de servidores públicos por um ano. Além do congelamento, a mensagem também suspendia progressões de carreira e convocação de aprovados em concurso.

Para o deputado Marden Menezes (PSDB), dessa vez prevaleceu o bom senso do gestor. "Essa foi uma vitória dos servidores e de toda a população. Prevaleceu o bom senso e um trabalho bem feito pela bancada da oposição, com argumentos e elementos jurídicos e comprometimento com o povo do Piauí", disse.

A bancada da oposição apresentou requerimento, na quarta-feira (27), pedindo a retirada da mensagem de número seis, sob a justificativa de que o servidor público do Estado não pode ser penalizado com a reforma. "Há diversas formas de reduzir gastos e os servidores não podem ser penalizados, nós entendemos que o Estado pode cortar o que é supérfluo. O que percebemos é que, mesmo reduzindo, a máquina ainda ficou pesada", disse Marden Menezes.

A decisão veio depois do governador Wellington Dias (PT) se reunir com representantes de categorias de servidores públicos na noite de quarta-feira (27). No entanto, o governador anunciou que não deve reajustar salários neste ano e deve publicar um decreto no Diário Oficial do Estado, regulamentando a decisão.

Fonte: Jornal O Dia
Por: João Magalhães

Deixe seu comentário