Marden critica gestão de Dr. Pessoa: “É uma decepção. Mudou para pior”

Nos últimos dias o coro de deputados insatisfeitos com a gestão de Dr. Pessoa tem crescido na Assembleia

24/08/2021 07:49h - Atualizado em 24/08/2021 09:30h

Compartilhar no

O deputado estadual Marden Menezes (PSDB) fez duras críticas a gestão de Dr. Pessoa a frente da Prefeitura de Teresina. O parlamentar lamentou a falta de comando na prefeitura e afirmou que a gestão municipal teria muita gente “mandando”, porém, sem uma coordenação central. Nos últimos dias o coro de deputados insatisfeitos com a gestão de Dr. Pessoa tem crescido na Assembleia, a deputada Teresa Britto e os deputados Gessivaldo Isaías, Franzé e Cícero Magalhães já fizeram pronunciamentos criticando a inércia de Dr. Pessoa a frente da gestão.

O parlamentar revelou uma profunda decepção tanto dele, quando da população, com a atual gestão. Para Marden aqueles que queriam uma mudança tiveram uma mudança para pior.

“No momento em que Teresina se sente desassistida, com uma gestão desorganizada, onde os serviços pioraram bastante, há um sentimento popular, um chamamento da própria população para que o Dr. Silvio Mendes retorne a vida pública. O Dr. Silvio Mendes é a maior liderança viva de Teresina. Vejo a gestão de Teresina muito aquém e muito distante do padrão de qualidade que tínhamos, não pode se negar a decepção de parte do eleitorado que apostou em uma mudança, mas que até agora essa mudança veio a pior” sentenciou o deputado.


Leia Mais: 
De olho na eleição, Dr. Pessoa cria supersecretaria para o filho 
Montezuma rebate ataques de Dr. Pessoa: “a cidade que foi derrotada” 
Vereador denuncia lista de obras paradas em escolas de Teresina 


O deputado citou problemas em várias áreas da cidade, principalmente na saúde e educação, para ele falta comando de Dr. Pessoa.

“Na saúde basta reparar o atendimento nas unidades de saúde e nos postos, o tempo de atendimento, a quantidade de profissionais, o pagamento a esses profissionais. Temos que falar também da transparência na própria vacinação, os números não são os melhores. Estamos ainda a avaliar a situação da educação, apesar da pandemia Teresina tinha uma educação referência, e neste momento não se tem como avaliar esse processo de qualidade do ensino, isso poderá ser mais bem aferido no ano que vem. A capital sempre teve serviços com regularidade que satisfaziam a população, hoje escutamos a insatisfação e a decepção por uma gestão desorganizada. É uma gestão que tem muita gente mandando, mas não há uma liderança que esteja mandando e coordenando de cima pra baixo”, concluiu Marden Menezes.

Foto: Assis Fernandes/ODIA


Candidato do PSDB para presidente

O deputado estadual Marden Menezes declarou ainda apoio ao governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, na corrida presidencial interna do PSDB. O partido deve ter uma candidatura a presidência da República e internamente o governador gaúcho e o governador de São Paulo, João Dória, disputam as prévias para decidir que será o candidato tucano que enfrentará Jair Bolsonaro em 2022.

Marden mostrou afinidade com a gestão de Eduardo Leite em Porto Alegre, porém revelou que a decisão será tomada em conjunto com os outros tucanos do Piauí.

“Estamos ouvindo os pré-candidatos do PSDB, vejo no Eduardo Leite uma liderança jovem, um cara equilibrado que tem feito um grande trabalho no Rio Grande do Sul. Eu diria que é um excelente nome, essa decisão eu não tomo sozinho, tomarei ouvindo o Luciano, o Dr. Silvio, vamos conversar com os segmentos do PSDB do Piauí para que possamos tomar uma decisão”, finalizou o deputado.

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário