Marden critica desorganização da Prefeitura de Teresina; “Não se sabe quem manda”

Para o deputado a atual gestão não estaria cumprindo com as promessas de campanha e teria abandonado a cidade, diferentemente de gestões passadas.

21/11/2021 14:42h - Atualizado em 21/11/2021 14:57h

Compartilhar no

A grave crise administrativa que assola a cidade de Teresinacomeça a preocupar os deputados estaduais do Piauí. Em entrevista o deputado Marden Menezes fez duras críticas a gestão de Dr. Pessoa à frente da capital e lamentou o quadro de descaso administrativo que cidade enfrenta. Para o deputado a atual gestão não estaria cumprindo com as promessas de campanha e teria abandonado a cidade, diferentemente de gestões passadas.

Marden criticou a falta de comando na cidade, frequentemente víamos no início da gestão o secretário de finanças e vice-prefeito, Robert Rios a frente das decisões do palácio da cidade, porém com o aumento do desgaste e alto índice de rejeição da população, o vice-prefeito abandonou o protagonismo da gestão. O prefeito Dr. Pessoa pouco participa das decisões e se vê refém dos acordos políticos que fez para se eleger acomodando aliados nas secretarias.


LEIA MAIS:

Dr. Pessoa barra repasse de R$8 milhões para tratamento oncológico 
Dr. Pessoa não fecha acordo e São Marcos reduz em 40% atendimentos de pessoas com câncer 
Vereadores denunciam “calamidade administrativa” com Dr. Pessoa na Prefeitura 
Ao falar sobre contratos da PMT, Robert Rios diz que Dr. Pessoa não vai pular do 14º andar 

Para Marden não se sabe quem manda na cidade. “Nós estamos onde a população nos colocou, somos oposição a atual gestão de Teresina por entendermos que ela anda longe de entregar os serviços que prometeu à população. Na época da eleição eles tinham solução para tudo, hoje o que se vê é uma desorganização, uma gestão com vários comandos, não se sabe quem manda na Prefeitura, são decisões desencontradas e os problemas vão se avolumando” criticou o deputado.

O parlamentar ainda lamentou que em gestões passadas se tinha um nível razoável de cuidado com a cidade, algo que não se vê, segundo ele, nos dias atuais.  “ Teresina tinha uma gestão segura, equilibrada, uma gestão reta, que mantinha serviços com um nível de qualidade para a população e apostou em uma mudança. Estamos respeitando também a vontade do eleitor, permanecemos na oposição aonde o povo nos colocou. Não temos nenhuma aproximação e nem queremos essa aproximação com a gestão do município de Teresina”, finalizou o deputado.

FOTO: THIAGO AMARAL/Ascom Alepi

A Secretaria de Comunicação de Teresina foi consultada para se pronunciar a respeito das acusações de Marden Menezes, porém até a publicação da matéria não havia se manifestado. O Portal ODIA está a disposição para os esclarecimentos. 


É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário