Marcha das Margaridas: Alepi celebra 20 anos do movimento com sessão solene virtual

Homenagem, realizada nesta quinta-feira (20), foi presidida pela deputada Elisângela Moura

20/08/2020 12:08h

Compartilhar no

A Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) realizou, na manhã desta quinta-feira (20), uma sessão solene virtual pelos 20 anos da Marcha das Margaridas, tradicional manifestação política organizada pela  Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag) em defesa das mulheres do campo e da cidade.

A homenagem foi proposta e coordenada pela deputada Elisângela Moura (PCdoB), também presidente da Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Piauí (FETAG-PI). “A Marcha das Margaridas é um importante movimento que luta não só pelo direito das mulheres no campo, mas de todas as mulheres”, disse a parlamentar.

Deputada Elisângela Moura (Foto: Divulgação/Alepi)

A solenidade reuniu diversas autoridades, como a coordenadora estadual de Políticas Públicas, Zenaide Lustosa. Na ocasião, reiterou que a Marcha das Margaridas é uma luta de todas as mulheres. “Não existe mais barreira entre as mulheres do campo e da cidade. Estamos todas de mãos dadas contra a pobreza, fome, as desigualdades”, disse.

Outra participante da sessão solene foi a vice-governadora Regina Sousa (PT), que falou sobre o papel do estado na garantia de direitos à população. “Vemos por aí muitos defendendo a teoria do Estado mínimo, mas nessa pandemia pudemos ver a importância dele”, argumentou.

A ORIGEM

A Marcha das Margaridas é ato um político que acontece todos os anos, desde 2000, sempre no dia 12 de agosto, em memória da líder sindical Margarida Maria Alves, assassinada em 1983 quando protestava em defesa de trabalhadores rurais da Paraíba.

Compartilhar no
Fonte: Alepi
Por: Breno Cavalcante

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário