Maioria da população apoia Doria na ação da cracolândia, segundo pesquisa

De acordo com o prefeito, a ação na cracolândia foi um planejamento da prefeitura com o governo do Estado.

03/06/2017 11:23h - Atualizado em 03/06/2017 11:41h

Compartilhar no

Os adversários de João Doria chegaram a comemorar sua ação na cracolândia como uma importante derrota política, algo que poderia até atrapalhar sua candidatura presidencial no ano que vem. Mas faltou combinar isso com a população de São Paulo.

O Instituto Datafolha ouviu 1.125 pessoas na cidade nesta última quinta-feira (1), após 11 dias da ação policial na antiga cracolândia comandada por Geraldo Alckmin (PSDB), que prendeu traficantes e desobstruiu vias onde havia uma feira de drogas a céu aberto.

A maioria (80%) dos moradores de São Paulo defende a internação à força para tratamento de usuários de crack, enquanto metade aprova o desempenho do prefeito João Doria nas recentes ações na cracolândia e acredita que não é possível solucionar esse problema na capital paulista.

O instituto também perguntou aos moradores: se um dependente não demonstra capacidade para tomar decisões por conta própria e a família se mostrar a favor de sua internação para o tratar o vício, ele deveria ou não ser internado mesmo assim? 95% responderam sim, e 5%, não. Diante de situação em que a família do usuário não é localizada, a resposta foi parecida -88% sim, 11% não, e 1% não soube responder.

Ação Policial 

A operação ocorreu no dia 21 por iniciativa do Estado e pegou a prefeitura desprevenida. O programa anticrack de Doria não estava pronto, mais isso não impediu que o prefeito comemorasse o sucesso da "parceria" com o governo estadual e decretasse o fim da cracolândia.

Mas o "fluxo" de viciados que vivia ali se mudou nos dias seguintes para a praça Princesa Isabel, a cerca de 400 metros do antigo ponto, e criou a nova cracolândia da região central, com quase mil pessoas. Em determinado momento da semana passada, havia ao menos 23 pontos com dependentes químicos apenas na região central. Apesar desses entraves, para 48% o desempenho de Doria tem sido ótimo ou bom nesse tema. Outros 25% acham regular e 23%, ruim ou péssimo. No caso de Alckmin, a aprovação é de 29%.

Compartilhar no
Fonte: Folhapress

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário