Júlio César defende usar reservas internacionais do país para enfrentar crise

Segundo o parlamentar, a União possui reservas avaliadas em mais de R$ 1,5 trilhão. As reservas internacionais são uma espécie de seguro contra crises.

02/04/2020 08:24h

Compartilhar no

ara contornar os impactos econômicos provocados pelo novo coronavírus (Covid-19) no país, o deputado Júlio Cesar (PSD) defende que o Governo Federal utilize recursos provenientes das reservas internacionais e de outros fundos financeiros do Brasil, para compensar a queda da arrecadação.

Segundo o parlamentar, a União possui reservas avaliadas em mais de R$ 1,5 trilhão. “É uma situação difícil [...] o governo já quis sacar esses recursos antes do início da crise, mas o ministro da economia [Paulo Guedes] foi contra, mas acredito que agora terão que fazer isso”, comentou.


O deputado federal analisa o cenário econômico do país diante da pandemia - Foto: Assis Fernandes/O Dia

As reservas internacionais são uma espécie de seguro contra crises e, como é cotada em dólar, funciona como regulador do preço da moeda americana no país. Segundo o Banco Central, o estoque das reservas brasileiras encerrou 2019 com queda de US$ 17,8 bilhões, redução que deve continuar em 2020.

Na avaliação de Júlio César, esses recursos serão fundamentais para que o governo incremente seu orçamento para adotar ações de enfrentamento à crise, uma vez que a previsão é de desaceleração da atividade econômica do país e estagnação do Produto Interno Bruto (PIB) este ano.

Compartilhar no
Por: Breno Cavalcante, do Jornal O Dia

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário