Júlio Arcoverde critica deputados da base: “Toda semana criam um problema na oposição”

No início da corrida, Ciro se colocou a disposição para disputar o governo do estado, porém sua ida para a Casa Civil afastou a possibilidade

21/11/2021 16:08h - Atualizado em 21/11/2021 16:18h

Compartilhar no

O deputado estadual Júlio Arcoverde (Progressistas) criticou as “tentativas” de deputados aliados ao governo do estado de desestabilizar a chapa de oposição. Ainda em fase de formação, o grupo de oposição a Wellington  enfrenta dificuldades para definição dos nomes, até o momento Silvio Mendes, Iracema Portela e Joel Rodrigues se destacam como os pretendentes ao cargo majoritário. No início da corrida,  Ciro Nogueira se colocou a disposição para disputar o governo do Piauí, porém sua ida para o Ministério da Casa Civil afastou a possibilidade de o senador disputar o palácio de Karnak. A definição da chapa de oposição deve sair somente em janeiro.

Presidente do Progressistas no estado, Júlio Arcoverde criticou as constantes notícias sobre um eventual desconforto dentro do grupo de aliados a oposição e atacou alguns veículos de imprensa.  “Estão tentando toda semana ter uma pauta para tentar criar um problema na chapa de oposição, é sinal que a gente está incomodando. Toda segunda se vocês perceberem é o mesmo lenga-lenga da conversa se o Ciro vai ser candidato ou não. Terça é uma briga entre o Silvio e a Iracema, na quarta é deputados que vão sair da oposição para o governo. Pelo contrário o que a gente está sabendo é que tem muita gente saindo do governo para a oposição. Essa pauta é conhecida e não vai mexer em nada na unidade no nosso grupo de oposição. Vocês como jornalistas especializados já sabem quem está satisfeito e quem está insatisfeito”, criticou o parlamentar.  

O deputado ainda confirmou que a estratégia da oposição estaria dentro do planejado, com o nome do candidato a govenador, o vice e o senador sendo anunciado no início do próximo ano.  “Não mudou nada, continua desde que começamos essa caminhada com o Silvio e a Iracema pelo interior, os critérios continuam os mesmos de pesquisas qualitativas e quantitativas. O que mudou foi a aceitação popular que nós estamos impressionados com a aceitação e o sentimento de mudança em todos os municípios. Isso vai ser decidido só em janeiro e a gente vai até lá continuar com essas caravanas. Tá tudo dentro do planejamento, em janeiro vamos ter o candidato a governador, o vice, e senador da República”, finalizou o parlamentar. 

FOTO: THIAGO AMARAL/Ascom Alepi

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário