PI deve receber cerca de R$ 500 mi para compensar perdas de arrecadação

Do total, R$ 103 milhões será destinado exclusivamente para custeio das ações de combate à pandemia do novo coronavírus.

05/05/2020 07:59h - Atualizado em 05/05/2020 08:07h

Compartilhar no

O Governo do Piauí deve receber mais de R$ 500 milhões em recursos do Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus. Do total, de acordo com o texto aprovado pelo Senado, R$ 103 milhões vai ser destinados exclusivamente para o custeio de ações na área da saúde e enfrentamento à pandemia da Covid-19. Os outros R$ 400 milhões são de livre aplicação e devem ser utilizados como forma de compensar as perdas de arrecadação ocasionadas pelo novo coronavírus. 


Leia também: Temendo colapso, Rafael Fonteles cobra aprovação de socorro aos estados 


Na avaliação do Secretário Estadual de Fazenda, Rafael Fonteles, que preside o Comitê dos Secretários de Fazenda dos Estados Brasileiros (ComSefaz), os valores estabelecidos pelo texto aprovado no Senado deixam a desejar e não atendem à totalidade das demandas dos estados. “Importante, mas insuficiente”, resumiu o secretário.

Dívidas

Além dos recursos destinados à saúde e livre aplicação, o estado do Piauí ainda deve ser beneficiado com uma economia de R$ 539 milhões referente à  suspensão do pagamento de dívidas com organismos internacionais e com a União. O valor inclui dívidas do Estado e dos 224 municípios, que também serão beneficiados com a medida.

Compartilhar no
Por: Natanael Souza, do Jornal O Dia

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário