• Novo app Jornal O Dia
  • ITNET
  • TV O DIA att
  • TV O Dia - fullbanner

Heráclito pede aposentadoria especial de deputado de R$ 28 mil, diz site

O assunto chama a atenção principalmente porque, no momento, o governo federal encaminhou ao Congresso, a proposta de Reforma da Previdência, o que deve alterar e gerar mais dificuldades para acesso aos direitos de aposentadoria.

11/03/2019 06:50h

Uma notícia publicada ontem (10) no site R7, da TV Record, mostra que 29 ex-deputados federais pediram no mês de fevereiro deste ano, após deixarem os mandatos na Câmara Federal, acesso a aposentadoria pelo Plano de Seguridade Social dos Congressistas. Entre eles está o piauiense Heráclito Fortes, que ano passado não conseguiu reeleição. 

A reportagem aponta que Heráclito Fortes tem direito a uma aposentadoria de R$ 28.602,00. O valor mais alto é do ex-deputado Bonifácio Andrada, de Minas Gerais: R$ 33.724,00. A soma dos salários dos 29 parlamentares alcançou R$ 658 mil. 


Heráclito exerceu mandatos na Câmara Federal e no Senado - Foto: Elias Fontinele/O Dia

O assunto chama a atenção principalmente porque, no momento, o governo federal encaminhou ao Congresso, a proposta de Reforma da Previdência, o que deve alterar e gerar mais dificuldades para acesso aos direitos de aposentadoria, tanto no regime geral quanto no de servidores públicos. 

Aposentadoria de deputados 

As regras para aposentadoria dos deputados federais e dos senadores foram alteradas em 1997, com a extinção do Instituto de Previdência dos Congressistas. O Plano de Seguridade Social dos Congressistas (PSSC - Lei 9.506/97) exige, para a concessão da aposentadoria, 35 anos de contribuição e 60 anos de idade, sem fazer distinção entre homens e mulheres.

Por: João Magalhães - Jornal O DIA

Deixe seu comentário