• Campanha Mobieduca
  • Teresina shopping
  • HEMOPI - Junho vermelho
  • ITNET
  • Novo app Jornal O Dia
  • TV O DIA att

Governo trata de ações para fortalecer política habitacional

Os mais de 50 mil contratos do governo com mutuários da Cohab estarão a partir de agora, com a ADH.

11/06/2019 07:06h - Atualizado em 11/06/2019 07:13h

O governador Wellington Dias reuniu-se, nesta segunda-feira (10), com a diretora da Agência de Desenvolvimento Habitacional (ADH), Gilvana Gayoso, para tratar de ações que garantam o desenvolvimento da política habitacional do Estado. Com a reforma administrativa, a ADH incorporou a carteira imobiliária da Emgerpi, com um total de 56.994 contratos, sendo 50.933 contratos da Cohab, 681 contratos da carteira imobiliária de financiamentos do antigo BEP e 5.380 contratos do Iapep/Funprev. 

‘Nós aprovamos, na reforma, a fusão de algumas áreas que estavam na Emgerpi e na antiga Cohab e que agora vão para a agência de habitação. Concluímos a transição das atividades para a ADH. A reunião foi bastante produtiva no sentido de garantir maior eficiência administrativa para o Estado na área de habitação. A diretora deve abrir um entendimento com a Caixa Econômica e o Banco do Brasil para o programa Habitar Servidor, garantindo, assim, as condições de recursos para mais habitação dentro dos programas federais combinados com os estaduais”, explicou o governador. 


Mutuários da Cohab estarão agora com a ADH - Foto: Elias Fontinele/O Dia

Segundo Gilvana Gayoso, os 56 mil contratos com mutuários da Cohab estarão a partir de agora com a ADH. “Com essa incorporação, a ADH ficou mais fortalecida. Ela não só vai trabalhar a questão habitacional e seus contratos antigos, mas também a questão da regularização fundiária”, garantiu a diretora. 

A Agência de Desenvolvimento Habitacional avançou nos investimentos de construção de casa própria para a população. De 2008 a 2018, foram construídas 12.997 unidades habitacionais por meio de Programas Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social (FNHIS/OGU), Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR), Orçamento Geral da União (OGU), Pro-Moradia, Semeando Moradia, Programa Minha Casa Minha Vida Sub50 e outros do Governo do Estado. 

Por meio do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR), foram entregues 135 unidades habitacionais e, atualmente, estão sendo construídas 145 casas, na zona rural de Teresina, Joaquim Pires, União, Agricolândia e Barras. 

Fonte: Jornal O Dia

Deixe seu comentário