• Piauí Férias de Norte a Sul
  • SOS Unimed
  • Ecotur 2019
  • Novo app Jornal O Dia

Governo do Piauí vai implantar novo sistema de gestão de pessoas

A nova ferramenta foi desenvolvida pela Agência de Tecnologia da Informação (ATI) e pela Controladoria Geral do Estado (CGE) em parceria com a empresa Vobys

13/07/2019 09:23h

O governo do Piauí vai implantar um novo sistema de gestão de pessoas, com objetivo de garantir maior agilidade aos serviços públicos e economia nos gastos. O SIAPE (Sistema Integrado de Administração de Pessoal) foi apresentado à equipe técnica da Secretaria de Administração e Previdência (Seadprev) e ao secretário Merlong Solano nessa sexta-feira. 

A nova ferramenta foi desenvolvida pela Agência de Tecnologia da Informação (ATI) e pela Controladoria Geral do Estado (CGE) em parceria com a empresa Vobys, responsável pela criação do software do sistema. 

De acordo com o secretário de Administração e Previdência, Merlong Solano, o novo sistema de gestão de pessoas envolverá todos os 57 órgãos do Executivo na mesma base de dados. "Os servidores são o meio fundamental de prestação de serviços à sociedade e também a principal despesa do Estado, por isso precisamos investir em inteligência e planejamento técnico pra gerir este recurso da maneira mais eficiente possível. O novo sistema é bem completo, contendo todas as informações dos servidores e vai oferecer melhores condições de tomada de decisões gerenciais", ressaltou o gestor.

Merlong Solano, secretário de Administração e Previdência

Conforme explicou o diretor técnico da ATI, Davi Amaral, o novo sistema é mais completo e vai oferecer informações seguras e atualizadas de todos os servidores estaduais. "Hoje, o Estado gerencia basicamente folha de pagamento. No novo sistema vai englobar a gestão de pessoas, com vistas a controlar a vida funcional como um todo. Além do salários dos servidores, salários pagos, teremos informações sobre a evolução na carreira profissional e até um prontuário médico", explicou Davi Amaral. 

Dentre outras funcionalidades, o sistema vai permitir gerenciar a folha de pagamento, o cadastro de pessoas e o cadastro de vínculos dos servidores. A ATI, o Corpo de Bombeiros, o Metrô, a Secretaria de Segurança, a Procuradoria Geral do Estado (PGE) e a Controladoria Geral do Estado (CGE) serão os primeiros órgãos a implantar o sistema de gestão de pessoas

Por: Natanael Souza

Deixe seu comentário