Governo aumenta previsão do déficit na previdência para R$ 60 mi ao mês

Valor é R$ 10 milhões a mais do que o registrado nos meses anteriores. Em 2015, a Previdência registrou déficit de R$ 600 milhões e o valor subiu para R$ 800 milhões em 2016.

11/07/2017 13:25h

Compartilhar no

O governador Wellington Dias (PT) se reuniu, nesta terça-feira (11), com secretários e o ex-ministro da previdência, Carlos Gabas, para discutir medidas para barrar o crescimento do déficit na previdência do Estado e para estabelecer metas no setor. A previsão do governo, segundo Franzé Silva, é que o rombo chegue a R$ 60 milhões no próximo mês, R$ 10 milhões a mais do que o registrado nos meses anteriores.


O secretário de administração Franzé Silva (Foto: Moura Alves/O Dia)

De acordo com o Superintendente de Previdência do Estado, Marcos Stainer, as contribuições dos servidores e a do governo não cobrem as despesas com os aposentados e pensionistas. Em 2015 foi registrado um déficit de cerca de R$ 600 milhões, em 2016 o valor subiu para R$ 880 milhões e expectativa, segundo o gestor, é que neste ano o déficit chegue a R$ 1 bilhão.

Atualmente, a folha de pagamento do estado com os aposentados e pensionistas é de cerca de R$ 100 milhões por mês. Deste total o governo só arrecada R$ 40 milhões com a contribuição do servidor. Para Stainer, o aumento do déficit está relacionado com a tramitação da Reforma da Previdência.

“O povo está com medo de perder os direitos depois da reforma da previdência e corre para dar entrada na aposentadoria, mas não vai. O Estado vai cumprir seu dever com todos aqueles que atenderem os requisitos e tiverem condições de se aposentar”, explicou o superintendente.


Marcos Stainer, superintendente da Previdência Estadual (Foto: Moura Alves/O Dia)

De acordo com Franzé Silva, o governo deve criar um sistema de capitalização através de imóveis e perspectivas de novas receitas. “Temos que buscar um equilíbrio. Não iremos sobreviver até 2020, caso não tomemos medidas que tragam a equação do equilíbrio previdenciário”, alertou o Secretário de Administração.

Compartilhar no
Por: Ithyara Borges - Jornal O Dia

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário