• Curta Doar
  • Teresina 167 anos
  • Casa dos salgados
  • Novo app Jornal O Dia

Jonas Moura: gestores precisam abraçar reforma da Previdência

O presidente da APPM diz que espera mais empenhos dos gestores para a aprovação à PEC que será discutida paralelamente pelos senadores.

25/07/2019 08:16h - Atualizado em 25/07/2019 11:54h

O presidente da Associação Piauiense de Municípios (APPM) e prefeito de Água Branca, Jonas Moura (PSD), voltou a falar sobre a possibilidade dos servidores municipais serem incluídos na reforma da Previdência, não na votação em segundo turno na Câmara Federal, mas no Senado, onde acredita que o assunto esteja pacificado.

Apesar disso, Moura espera mais empenho dos governadores no apoio para a aprovação à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) com novas regras para a Previdência, que será discutida paralelamente pelos senadores, já que estes também querem ser contemplados.


Presidente da APPM acredita na inclusão de municípios em reforma - Foto: O Dia

“Está previsto que o Senado aprove a reforma que foi feita na Câmara, do jeito que está, e automaticamente crie uma PEC paralela, para que os deputados votem. Aí vamos ficar numa expectativa dos governadores, que precisam abraçar essa proposta paralela e possamos incluir estados e municípios”, disse o presidente da APPM.

Já o deputado Júlio Cesar (PSD), afirmou não saber quais os motivos que dificultaram a presença dos entes estaduais e municipais na reforma, mas sugeriu que isso poderia estar relacionado a efetiva participação de prefeitos e governadores na aprovação da proposta. “Dizem que não estava havendo um bom desempenho nos dirigentes dos outros entes para viabilizar a aprovação da reforma”, sugere.

A Câmara deve votar a reforma em segundo turno, no dia 6 de agosto, após o fim do recesso parlamentar. Depois disso segue para o Senado, onde tanto governadores como prefeitos mantém conversas com o presidente e o relator da matéria na Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP) e Tasso Jereissati (PSDB-CE).

Por: Breno Cavalcante - Jornal O Dia

Deixe seu comentário