• Clínica Shirley Holanda
  • Semana do servidor
  • Netlux
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Gessivaldo Isaías quer ficar na Alepi, mas não descarta indicação

Após o PRB romper com o governador Wellington Dias (PT) às vésperas das convenções partidárias de 2018, o deputado Gessivaldo, presidente da sigla no estado e que se manteve leal ao petista.

03/07/2019 11:35h

O deputado estadual Gessivaldo Isaías (PRB) voltou a afirmar à imprensa que tem deixado o governador Wellington Dias (PT) “muito à vontade” sobre de que maneira pode ajudá-lo na administração do Executivo. Apesar de dar preferência ao mandato na Assembleia Legislativa (Alepi), admitiu a possibilidade de indicar alguém para alguma pasta.

“Estou pronto, não para sair do legislativo, mas se abrir alguma oportunidade para que indique alguém ou faça alguma indicação, certamente isso irá acontecer, mas por conta do meu apoio como deputado ao governador”, declarou o parlamentar nesta terça-feira (2). 

Apesar disso, fez questão de ressaltar sua relação de amizade com o governador. Ele frisou que seu apoio ao petista não está condicionado a um possível entendimento por espaços na gestão estadual. 

“Não me atenho a cargos, e sim a administração. Estou vendo o Piauí tentando sair de uma situação complicada que o Brasil vive, então se eu ficar como um deputado aqui no legislativo tentando pressionar o governador por cargos ou por posições, vou trazer a intranquilidade ao governo”, avaliou .

Após o PRB romper com o governador Wellington Dias (PT) às vésperas das convenções partidárias de 2018, o deputado Gessivaldo, presidente da sigla no estado e que se manteve leal ao petista, vem tentando restabelecer a participação efetiva do partido ao grupo e à base aliada governista.

Por: Breno Cavalcante - Jornal O Dia

Deixe seu comentário