• Canta
  • SOS Unimed
  • Fagner
  • Trilha das emoções
  • Novo app Jornal O Dia

Georgiano Neto nega divergências na formação da chapa do PSD

O parlamentar, que é pré-candidato a Prefeitura de Teresina, disse que o partido definiu o teto de votos, através do entendimento

30/06/2019 09:51h - Atualizado em 30/06/2019 10:21h

O deputado estadual Georgiano Neto negou que haja divergências entre os pré-candidatos a vereador do PSD, durante a definição dos critérios para a formação da chapa proporcional. O parlamentar, que é pré-candidato a Prefeitura de Teresina, disse que o partido definiu o teto de votos, através do entendimento.

“Isso é uma questão superada. Dentro do entendimento, chegamos ao consenso. O teto será de 3600 votos”, afirmou Georgiano.

O impasse entre os pré-candidatos do PSD surgiu após o anúncio da possibilidade de filiação do ex-candidato a vereador, James Guerra, que em 2016 obteve mais de 5 mil votos, ao se candidatar pelo MDB.  Os atuais pré-candidatos da sigla não ficaram satisfeitos com a possibilidade, pois consideram que a competição interna ficara injusta.

O PSD também trabalha para garantir a filiação do ex-vereador Renato Berger, que deve deixar a base do prefeito Firmino Filho, após perder o comando da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (Semel). Questionado sobre as tratativas, Georgiano preferiu não dar detalhes. “Estamos dialogando”, resumiu. 

Edição: Luiz Carlos Oliveira
Por: Natanael Souza

Deixe seu comentário