Franzé cobra ética na base aliada após briga de deputados por "œroubo" de prefeitos

Ziza Carvalho (PT) e Georgiano Neto (PSD) trocaram agressões públicas após um insinuar que o outro estaria chantageando prefeitos que o apoiava em troca de cargos e obras do governo estadual.

24/10/2021 10:41h

Compartilhar no

O deputado estadual Franzé Silva (PT) “puxou a orelha” dos companheiros deputados estaduais após uma briga envolvendo Ziza Carvalho (PT) e Georgiano Neto (PSD). Ambos trocaram agressões públicas após Ziza atacar Georgiano e insinuar que o parlamentar estaria chantageando prefeitos  que o apoiava em troca de cargos e obras do governo estadual. O caso chegou até a mesa do governador Wellington Dias que se reuniu com Ziza na última semana e cobrou mais equilíbrio do parlamentar.

Franzé criticou a troca de farpas entre os deputados e avaliou que a espécie de assédio sem ética a apoiadores de outro parlamentar seria um equívoco. Para Franzé o momento seria de equilíbrio e união de forças dentro da base aliada, não de brigas internas.

“Esperamos acima de tudo que se mantenha a ética, cada um sabe do seu espaço político, dos seus diálogos no dia a dia com as suas lideranças. É preciso respeito de quem está dialogando com determinada liderança para saber se essa liderança já tem compromisso com outra. Esse assédio sem ética é ruim e nós queremos desconstruir isso porque a base aliada está muito bem fortalecida e não podemos nos enfraquecer internamente. É uma coisa que estamos dialogando e sempre pautando a ética acima de tudo” finalizou o político.

FOTO: Tarcio Cruz/ODIA


É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário