Flávio Nogueira Jr. responde a ataques em suas bases: "œsei como contra-atacar"

O clima tenso se instalou entre os deputados da base aliada ao governo do estado após o deputado Ziza Carvalho (PT) fazer duras críticas públicas a Georgiano Neto (PSD)

21/10/2021 08:08h - Atualizado em 21/10/2021 10:36h

Compartilhar no

O deputado estadual Flávio Nogueira Jr. (PDT)  não gostou de possíveis invasões de suas bases políticas no interior do estado. Questionado sobre como reagiria em um eventual “roubo” de seus aliados o parlamentar foi enfático e afirmou que irá  contra-atacar o deputado que desrespeitar sua autonomia. O clima tenso se instalou entre os deputados da base aliada ao governo do estado após o deputado Ziza Carvalho (PT) fazer duras críticas públicas a Georgiano Neto (PSD).   Ziza chegou a chamar Georgiano de “chantagista” após perder prefeitos para o parlamentar.

O clima tenso é uma mostra do que deveremos ver em 2022. Aliados se colocam em campos opostos em busca do voto para a sobrevivência na Assembleia. Nogueira foi direto ao analisar possíveis desrespeitos aos seus aliados.

“Isso aí comigo não cola não, a partir do momento que eu e minhas bases são atacadas eu eu sei como contra-atacar”, revelou o deputado.

O parlamentar ainda analisou as possibilidades de uma aliança com a oposição, recentemente Nogueira Jr recebeu a adesão do vice-prefeito de Parnaíba, Beto Teles (Progressistas).  O parlamentar não confirmou o seu retorno a secretaria de Turismo.

“A boa relação nós não temos só com o senador Ciro ou com o deputado Júlio mas com todos que fazem política, não temos arestas com ninguém, conversar a gente conversa com todo mundo, a decisão já é diferente. Lá em Parnaíba já temos uma representatividade muito boa, não só eu mas o deputado federal Flávio Nogueira. Temos alguns vereadores que nos apoiam e a vinda o vice-prefeito Beto já estava apoiando o ex-governador Zé Filho, mas com a desistência dele nos chegamos a um acordo. O Progressistas assim como outros partidos possuem diversos prefeitos, é normal prefeitos de um partido apoiarem candidatos de outros partidos. O meu retorno a secretaria de Turismo é algo pessoal, ainda não defini quando voltarei”, concluiu o deputado. 

FOTO: Assis Fernandes/ODIA

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário