Estado já economizou mais de R$ 63 milhões na despesa de pessoal

Valor foi atestado em uma auditoria realizada pela Secretaria de Fazenda. Mais de 60% da meta de economizar R$ 400 milhões anuais já foi cumprida, diz secretário.

11/04/2019 10:45h

Compartilhar no

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Fazenda (Sefaz) realizou uma auditoria nas contas públicas e detectou uma economia de mais de R$ 63 milhões com despesa de pessoal. Entre as medidas adotadas para contingenciar estes gastos estão a redução do custeio, revisão de contratos e uma revisão da folha de pagamento do funcionalismo público estadual.

A meta, de acordo com a Sefaz, era economizar R$ 400 milhões ao longo de um ano, mas o governo já conseguiu ultrapassá-la em 60%. As ações de corte de gastos e contenção de despesas já produzem uma previsão de economia de R$ 256 milhões anuais, segundo o que afirma o secretário de Fazenda, Rafael Fonteles. “O Governo adotou essas medidas para assegurarmos o equilíbrio financeiro e garantir a execução das despesas obrigatórias, a exemplo da folha de pagamento do Estado”, explica.


A auditoria na folha de pagamento já atestou uma economia de mais de R$ 63 milhões, segundo Rafael Fonteles - Foto: Assis Fernandes/O Dia

As medidas de contenção de gastos estão sendo coordenadas pela Comissão de Gestão Financeira e Gestão por resultados (CGFR), que estabeleceu os limites dos cortes de despesas em todos os órgãos estaduais. Faz parte do pacote de medidas a reforma na estrutura administrativa da máquina pública estadual, com a extinção de 16 secretarias, fusões e incorporações de coordenadorias.

O corte de gastos, segundo o Governo do Estado, será permanente, tanto para alcançar a meta, como para manter a redução de despesas alcançadas.

Compartilhar no
Por: Maria Clara Estrêla, com informações do Governo do Estado do Piauí

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário