Em visita ao PI, Ciro Gomes diz ter gratidão a Lula e que estará no 2º turno

Candidato à Presidência pelo PDT participou de uma caminhada pelo Mercado Público do Dirceu I na manhã deste domingo (23).

23/09/2018 11:56h

Compartilhar no

O candidato à Presidência da República, Ciro Gomes (PDT), esteve cumprindo agenda em Teresina neste domingo (23) e conversou com moradores em visita ao Mercado Público do bairro Dirceu I, na zona Sudeste de Teresina. Natural de Sobral, no Ceará, o candidato diz sentir orgulho de ser o único candidato nordestino e conta já ter sofrido preconceito por ser do Nordeste. Além disso, Ciro defendeu e disse ter gratidão ao ex-presidente Lula.

Em visita ao PI, Ciro Gomes diz ter gratidão a Lula e que estará no 2º turno. (Foto: Poliana Oliveira/O Dia)

Durante a visita ao Piauí, o candidato elogiou a figura do ex-presidente Lula e não economizou nas críticas a Fernando Haddad, candidato à presidência pelo PT, mencionando a derrota do petista nas eleições municipais de 2016. De acordo com Ciro Gomes, se Lula fosse o candidato, ele não teria entrado na corrida presidencial.  “Teria feito o que fiz nos últimos 16 anos. Resta perguntar ao povo piauiense, ao povo nordestino, quem é que melhor conhece, quem é que tem melhores propostas, quem é que tem melhor identidade com o sofrimento do povo do Nordeste”, reitera.


Em terceiro lugar nas pesquisas presidenciais mais recentes, o pedetista afirma com convicção que estará no segundo turno. “Como posso apoiar o Haddad, se eu vou estar lá?”, questiona. Ciro Gomes destaca ainda que não se pode confiar o voto aos institutos de pesquisa. “Em um país que até deputado se vende, é bom que a gente bote a pulga atrás da orelha também com instituto de pesquisa. Nós jamais devemos entregar aos institutos de pesquisa a nossa decisão”, declara.

Em visita ao PI, Ciro Gomes diz ter gratidão a Lula e que estará no 2º turno. (Foto: Nathalia Amaral/O Dia)

Questionado sobre o calor do Piauí, o candidato disse que já estava “acostumado” por ser um calor que conhece desde pequeno. “Sou o único candidato nordestino. Até o Haddad saber que o Karnak não é no Egito, já se passaram os quatro anos. Se for exigir Vale do Gurgueia, falar onde é Buriti dos Lopes, onde é São Raimundo Nonato, a explosão de produção do Vale do Gurgueia com a lindeza das praias de Parnaíba e Luís Correia, aí já se passaram mais 10 anos”, diz, fazendo referência ao candidato Fernando Haddad.

Sobre as suas propostas, o candidato ressaltou a reestruturação da economia brasileira através do projeto batizado como “Nome Limpo”, que consiste basicamente na quitação de débitos de consumidores no SPC. Além disso, Ciro Gomes assegurou que irá restaurar a condição de financiamento empresarial, e “arrumar” a conta pública, através de crédito para a agricultura familiar e de alta linhagem. “E, fundamentalmente, uma explosão de empregos na primeira hora com a construção civil em moradia popular e saneamento básico e, por fim, retomar a industrialização perdida no brasil”, destacou.

Em visita ao PI, Ciro Gomes diz ter gratidão a Lula e que estará no 2º turno. (Foto: Poliana Oliveira/O Dia)

Compartilhar no
Por: Nathalia Amaral

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário