Editorial: Teresina está nas mãos de um prefeito incapaz e um vice desequilibrado

Confira o editorial publicado na capa do Jornal O Dia desta terça-feira (05). O DIA se manifesta sobre os ataques do vice-prefeito Robert Rios.

05/10/2021 08:40h

Compartilhar no

A população de Teresina enfrenta, atualmente, graves problemas estruturais. A solução para o caos no transporte coletivo, o incentivo a geração de emprego e renda, o retorno seguro das aulas escolares e a eficiência na prestação de serviços da saúde são demandas urgentes para a cidade de quase 900 mil habitantes. É lamentável que num momento em que o contexto exige de gestores públicos a responsabilidade e a capacidade de encontrar saídas eficientes para melhorar a vida das pessoas, Teresina esteja entregue a um prefeito incompetente, e um vice-prefeito que demonstra desequilíbrio para ocupar cargo de tal envergadura.

Qualquer cidadão teresinense já sabe que o atual prefeito, Dr. Pessoa (MDB), não tem competência para liderar um projeto de desenvolvimento para a cidade. Planejamento urbano, mobilidade, combate aos problemas de alagamento, programas de moradias sociais, investimentos em tecnologia para gerar o bem estar da população e planejamento a longo prazo são itens impossíveis de serem liderados pelo atual prefeito. 

Para piorar o cenário, não é do vice-prefeito que virá o equilíbrio emocional necessário para ajudar Teresina a crescer. Não é de Robert Rios, um político que sempre se destacou pelo que fala, e nunca pelo que faz, que virá a responsabilidade tão necessária para contribuir com o crescimento da cidade. O vice-prefeito ainda tenta colocar na imprensa a culpa pela insatisfação popular com a gestão. Valente com a imprensa, ele é manso com os órgãos de controle que já estão apurando suas omissões. 

Quanto aos ataques de Robert Rios ao Sistema O DIA, é preciso ressaltar que um veículo de comunicação com 70 anos de credibilidade tem ao seu lado a história e a verdade, e a certeza de que homens sem expressão podem até passar pelos cargos, mas não serão lembrados da melhor forma.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário