• SOS Unimed
  • Fagner
  • Trilha das emoções
  • Novo app Jornal O Dia

Duplicação das BRs de Teresina deve ser retomada em 20 dias

As obras estão orçadas em R$110 milhões e o estado já possui os recursos.

06/06/2019 07:14h

As obras de duplicação das BRs 316 e 343, nas entradas de Teresina, devem ser retomadas  ainda no primeiro semestre desse ano. A informação foi confirmada pelo diretor geral do Departamento de Estradas e Rodagens (DER), Castro Neto. Segundo ele, duas das empresas que participaram da licitação devem assumir as obras em um prazo de até 20 dias. 

“Tivemos a rescisão de contrato com as duas construtoras que estavam tocando a obra e já fizemos o processo jurídico para chamar as próximas classificadas. Então, possivelmente, nos próximos dias já teremos duas empresas para ficar responsável pelas obras e apresentar um plano de trabalho para a conclusão das obras até o primeiro semestre do ano que vem”, destacou. 


Castro Neto, superintendente do DER - Foto: Arquivo O Dia

As obras de duplicação das entradas de Teresina estão orçadas em R$110 milhões. De acordo com o diretor geral do DER, o governo do estado já possui os recursos assegurados para executar as obras, que devem ser concluídas até o mês de junho do próximo ano. 

A duplicação das entradas da capital passou a ser de responsabilidade do governo do estado em 2012, após a assinatura de convênio com a direção nacional do Departamento de Infraestrutura e Transporte – DNIT. 

De acordo com o superintendente do DNIT, Ribamar Bastos, até o momento, não há possibilidade das obras de duplicação retornarem para a responsabilidade do Governo Federal. "O convênio encontra-se vigente e não podemos investir nenhum recurso nesses dois segmentos que estão a cargo do Estado", explicou Ribamar Bastos. 

Iniciada em 2013, as obras de duplicação possuem uma extensão total de aproximadamente 17 Km. Na BR 316 são 8, 5 km no trecho entre Teresina e Demerval Lobão, e na e BR-343 são cerca de 9 km, de Teresina em direção a Altos.

Edição: João Magalhães
Por: Natanael Souza - Jornal O Dia

Deixe seu comentário