• Curta Doar
  • Teresina 167 anos
  • Casa dos salgados
  • Novo app Jornal O Dia

Dudu nega desistência e mantém candidatura à presidência do PT

O parlamentar disputa o comando petista no estado com o atual presidente, deputado federal Assis Carvalho, a quem o vereador acusa de tentar esvaziar a candidatura adversária.

14/08/2019 07:06h

O vereador Edilberto Borges, o Dudu, afirmou nesta terça-feira (13) que não considera a hipótese de abrir mão da sua candidatura à presidência do diretório do Partido dos Trabalhadores (PT) no Piauí. Para ele, o debate interno é importante para ‘oxigenar’ a sigla, principalmente visando às eleições municipais do próximo ano. 

“Não existe essa história de desistir da eleição, no PT ninguém sai perdendo, todo mun do, quando termina o processo eleitoral, compõe a direção e vamos fortalecer esse partido para que ele chegue em 2020 com mais de 100 candidatos a prefeito, muitos vereadores no estado do Piauí e aqui em Teresina com candidatura própria”, disse Dudu. 


Foto: O Dia

O parlamentar disputa o comando petista no estado com o atual presidente, deputado federal Assis Carvalho, a quem o vereador acusa de tentar esvaziar a candidatura adversária, ao tentar impedir a participação de novos filiados da capital nas eleições que se aproximam. 

Por sua vez, Dudu afirma que sua candidatura está mantida, independente da decisão em relação aos novos filiados. “Tenho dito que isso não é e não será empecilho, nem para a candidatura nem para continuar atrito no PT”, frisou o vereador. 

Para tentar contornar a disputa interna no partido, o deputado estadual Franzé Silva, ligado ao grupo político de Assis, esteve na última segunda-feira (12) na Câmara Municipal de Teresina (CMT) onde se reuniu com Dudu. Devido o encontro, cogitouse a possibilidade de consenso entre as chapas, o que foi negado pelo vereador.

Por: Breno Cavalcante - Jornal O Dia

Deixe seu comentário