• SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Dudu diz que PT não deve ficar refém só de um nome

O parlamentar teresinense elogia a postura política de Lula e Wellington Dias, mas avalia que o PT não pode ter apenas um nome

20/01/2020 11:45h - Atualizado em 23/01/2020 11:30h

O vereador Dudu (PT) defendeu a oxigenação do Partido dos Trabalhadores por meio do surgimento de novas lideranças políticas em âmbitos estadual e nacional. O parlamentar teresinense elogia a postura política de Lula e Wellington Dias, mas avalia que o PT não pode ter apenas um nome para promover um debate nacional e acrescentou que o mesmo serve para o Piauí.

O petista disse que o momento é viável para a construção de novos quadros que possam servir as gerações futuras. “Quando eu digo que não podemos ficar reféns de um único nome eu me refiro que o PT não pode deixar de formar líderes, inclusive para suceder o legado encabeçado por Wellington Dias no Piauí”. 


Dudu disputou as eleições internas do PT, em que concorreu a presidência do partido no Piauí e foi derrotado pelo deputado federal Assis Carvalho. O vereador aproveitou para criticar o atual comando do partido. “O grupo está há seis mandatos na presidência, que é o mesmo do governador Wellington e o mesmo a nível nacional”, pontuou.

O vereador citou, por exemplo, que Fernando Haddad poderia ter alçado ao patamar de presidente do partido, tendo em vista que conseguiu nacionalizar seu nome na disputa pela presidência. No entanto, segundo o vereador, há uma espécie de tolhimento de novas lideranças e citou que o governador Wellington Dias também sofre com isso, uma vez que em a nível nacional, há um eixo Rio Janeiro -São Paulo – Minas Gerais que comanda os processos.

Por: Joao Magalhães

Deixe seu comentário