• Curta Doar
  • Teresina 167 anos
  • Casa dos salgados
  • Novo app Jornal O Dia

Dudu diz que adversários tentam impugnar filiações petistas

O número de possíveis impugnações é exatamente o mesmo de novos filiados anunciado por Dudu ainda no início do ano.

19/07/2019 07:22h - Atualizado em 19/07/2019 07:51h

A eleição que definirá, em agosto, o novo diretório estadual do Partido dos Trabalhadores (PT) segue movimentando os debates dentro da sigla. Isso porque o vereador de Teresina, Edilberto Borges, o Dudu, disse na manhã desta quinta-feira (18), que o grupo ligado ao deputado Assis Carvalho e ao ex-vereador Gilberto Paixão, atuais mandatários do partido em busca de suas reeleições na esfera estadual e municipal, respectivamente, tentam impugnar filiações na capital. 

“O grupo do Assis e do Paixão está querendo questionar e colocar sob judice essas filiações, onde inclusive ontem (17) a executiva municipal aprovou um documento dizendo que todas as filiações estão homologadas [...] Se tentarem impugnar essas filiações, vai ser, na minha opinião, o maior conflito que teremos nas eleições do PT”, declarou o vereador.


Candidato faz oposição ao atual grupo que preside o partido - Foto: Assis Fernandes/O Dia

O número de possíveis impugnações é exatamente o mesmo de novos filiados anunciado por Dudu ainda no início do ano. Segundo ele, a manobra seria uma tentativa de esvaziar e enfraquecer sua candidatura à presidência estadual da legenda, no entanto, ele ressalta que mantém o pleito. “Estou dizendo isso para fazer o alerta. Se o PT enveredar para um caminho de truculência, não irei aceitar. [..] Se isso for consolidado, é um golpe!”, disparou.

O vereador também cita uma decisão da Executiva nacional do PT, que determina a homologação de todas as filiações realizadas até o último dia 8 de junho, com exceção de casos pontuais de recém ingressos que não possuam compatibilidade com as bandeiras e ideologias petistas.

Por: Breno Cavalcante - Jornal O Dia

Deixe seu comentário