• Banner Cultura Governo do PI
  • Obras no Litoral Cultura
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Dr. Lázaro tem aval da direção do cidadania para ser candidato

O nome do parlamentar tem sido vetado pelos dirigentes locais, que o acusam de infidelidade.

27/11/2019 11:53h - Atualizado em 27/11/2019 12:05h

Em mais um capítulo da troca de farpas com a direção estadual do Cidadania, o vereador Dr. Lázaro disse que procurou o presidente nacional da sigla, Roberto Freire, para garantir o direito de fazer parte da chapa proporcional em 2020. O nome do parlamentar tem sido vetado pelos dirigentes locais, que o acusam de infidelidade. 


Leia também

Clima é de discórdia entre direção do partido e vereador 


“Até o presente momento, eu tenho a palavra do presidente Roberto Freire que sou candidato pelo Cidadania. Ele é um homem de palavra, acredito nisso. Desde que ele deu a sua palavra, dirigentes do partido aqui no estado começaram a criar uma verdadeira polêmica para que eu, espontaneamente, saia do partido, mas não há nenhuma razão pra isso”, disse. 

Dr. Lázaro também negou que tenha feito críticas direcionadas ao presidente estadual do Cidadania, Celso Henrique, na última semana. Segundo ele, a fala foi uma maneira de demonstrar como é a atuação dos partidos de menor porte durante o processo eleitoral, sem citar nomes de dirigentes. 

“Coloquei, de uma forma genérica, quem tradicionalmente, os partidos pequenos eram coadjuvantes no processo eleitoral e faziam mão de determinadas condutas. não coloquei diretamente pessoa A, B ou C”, explicou o vereador, que na semana passada criticou posturas como a venda de espaços de televisão. 


Edição: Luiz Carlos de Oliveira
Por: Natanael Souza

Deixe seu comentário