• cachoeir piaui
  • Campanha salao
  • APCEF
  • Novo app Jornal O Dia
  • TV O DIA att
  • TV O Dia - fullbanner

Deputados intensificam discussões para formação de comissões técnicas

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) é a mais disputada

03/02/2019 16:30h


Após as discussões acaloradas a respeito da formação da mesa diretora da Assembleia Legislativa, os deputados estaduais já se preparam para travar novos debates, dessa vez, a respeito da composição das comissões técnicas. A expectativa é que a composição das comissões esteja definida ainda essa semana, por conta da necessidade de aprovar a reforma administrativa do governo do estado.

“No meu entender, vai demorar uns dez dias para a formação das comissões técnicas, e após isso o governador vai encaminhar a reforma administrativa”, afirmou o presidente da Assembleia Legislativa, Themístocles Filho (MDB), após a solenidade de posse dos deputados estaduais.

A expectativa é que a composição das comissões técnicas esteja definida ainda essa semana (Foto: Assis Fernandes/O Dia)


A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) é a mais disputada, entre as 11 que a Assembleia possui, e, tradicionalmente, é comandada pela maior bancada da casa.  Atualmente, MDB, Progressistas e PT possuem as maiores bancadas. Para compensar a deficiência numérica, os deputados dos demais partidos começam a se unir e formar os chamados blocos partidários.

Pelo menos, dois blocos já estão oficializados e devem brigar por espaços nas comissões. O primeiro é composto pelos quatro deputados de oposição: Evaldo Gomes (SD), Marden Menezes (PSDB), Gustavo Neiva (PSB) e Teresa Brito (PV).

Outro bloco que já está consolidado é composto por PR, PRB, PPS e PSD. Unidos, os quatro partidos contam com cinco parlamentares na nova legislatura: Carlos Augusto (PR), Dr. Hélio (PR), Fábio Xavier (PR); Gessivaldo Isaías (PRB); Georgiano (PSD) e Oliveira Neto (PPS).

Os partidos de maior bancada também estudam aderir à formação de blocos partidários, com objetivo de garantir o comando das comissões consideradas mais importantes. O Progressistas, que conta com cinco deputados estaduais, já discute a possibilidade de formar um bloco com o PT e PTB, que, juntos, chegariam a 12 deputados.

Atualmente, a Assembleia conta com nove comissões: Constituição e Justiça; Defesa do Consumidor e Meio Ambiente; Defesa dos Direitos da Mulher; Direitos Humanos e Juventude; Energia e Mineração; Fiscalização e Controle, Finanças e Tributação; Infraestrutura; Saúde, Educação e Cultura; e Segurança Pública.  Cadacomissão é composta por sete membros efetivos e sete suplentes. 

Por: Natanael Souza

Deixe seu comentário