• Clínica Shirley Holanda
  • Semana do servidor
  • Netlux
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Deolindo defende autonomia do diretório municipal do PT em 2020

Para o vereador, a escolha do candidato a prefeito deve ser conduzida pelo diretório municipal

15/09/2019 08:35h

Ao comentar a polêmica envolvendo a discussão sobre a pré-candidatura do PT a Prefeitura de Teresina, o vereador Deolindo Moura(PT) defendeu a necessidade de garantir a autonomia do diretório municipal no processo de articulação para o pleito de 2020. Apesar de reconhecer a legitimidade do surgimento de nomes, o parlamentar acredita que todo o processo precisa ser conduzido pelo grupo que foi eleito para comandar o partido na capital.

“O natural é que o diretório municipal tenha autonomia, e nós queremos acreditar que os filiados votaram em uma chapa para que ela tivesse autonomia de definir a candidatura, junto com os pré-candidatos a vereador, junto com outras lideranças da cidade. Logicamente, todos podem participar dessa discussão, mas nós queremos garantir essa autonomia do diretório municipal de Teresina”, defendeu Deolindo Moura.

Para o vereador, a escolha do candidato a prefeito deve ser conduzida pelo diretório municipal(Foto: Arquivo/O Dia)

A declaração de Deolindo Moura diz respeito ao lançamento do nome de Fábio Novo como pré-candidato a Prefeitura, feito pelo presidente estadual da sigla, Assis Carvalho. A nova pré-candidatura gerou reações, principalmente entre os membros do diretório municipal, que passará a ser presidido pelo ex-deputado Cícero Magalhães. 

Além de Fábio Novo, os nomes de Dudu, Franzé Silva e Daniel Oliveira também aparecem como opções no Partido dos Trabalhadores. A discussão a respeito do nome que deve representar a sigla na disputa majoritária deve movimentar os bastidores nos próximos meses. 

Por: Natanael Souza- Jornal O Dia

Deixe seu comentário