• Curta Doar
  • Teresina 167 anos
  • Casa dos salgados
  • Novo app Jornal O Dia

Colegas de partido lamentam morte do presidente do diretório do PSL

Capitão Anderson faleceu na manhã desta quinta-feira (1º) na BR-343, a caminho da cidade de Parnaíba.

01/08/2019 10:17h - Atualizado em 01/08/2019 11:06h

A morte precoce do capitão Anderson Pereira, durante um acidente grave ocorrido na manhã desta quinta-feira (1º) na BR-343, abalou colegas de partido e amigos do presidente do diretório municipal do PSL em Teresina. O capitão havia assumido há 15 dias a presidência do diretório e estava se dirigindo à cidade de Parnaíba para organizar a vinda do presidente Jair Bolsonaro ao estado no dia 14 de agosto.

O vereador Luís André (PSL), presidente estadual do partido, lamentou a morte e disse que o capitão estava "muito feliz" com a posse como presidente do diretório municipal do PSL. "Estou muito abalado porque é uma perda irreparável para o partido. Era um cara que assumiu agora. O partido com o capitão Anderson é uma coisa, sem o capitão Anderson... Nós perdemos uma pessoa que vivia o tempo todo para construir o partido, ele estava muito feliz de ter assumido, estava curtindo a chapa".

Capitão Anderson Pereira faleceu durante um acidente grave ocorrido na manhã desta quinta-feira (1º) na BR-343. (Foto: Elias Fontenele/ODIA)

O vereador capitão R. Silva (Progressistas) era amigo de corporação do capitão Anderson Pereira e destacou o papel desempenhado por ele enquanto presidente da Associação do Corpo de Bombeiros do Piauí. "Ele contribuiu muito para as coisas melhorarem tanto no Corpo de Bombeiros, como na Polícia Militar, porque nós trabalhávamos em conjunto com as associações na nossa corporação. Portanto, é uma grande perda para as duas corporações", enfatizou.

Para o vereador, a vontade de se dedicar às causas políticas foi uma das motivações que fizeram o capitão Anderson adentrar na carreira política. "Ele tinha muita garra e o projeto dele era seguir uma carreira política, tanto é que há poucos dias ele deixou a presidência da Associação do Corpo de Bombeiros para se dedicar as causas da política do nosso estado e da nossa cidade", afirmou.

O vice-presidente estadual do PSL, o capitão Everton Araújo, também lamentou o ocorrido e revelou que o capitão  Anderson pretendia se candidatar a vereador de Teresina no próximo pleito. "Ele era um amigo pessoal nosso, onde nós já convivíamos há quase dois anos militando juntos no partido PSL. Infelizmente ele deixa uma esposa e uma filha linda. Era um guerreiro, uma pessoa séria e batalhadora, cheia de energia, cheia de planos, que nos deixou cedo demais. É uma grande perda para todos os amigos, para a política e principalmente para  sua família", declarou.

Ricardo Bandeira, vereador pelo PSL, disse que o capitão era um jovem dinâmico "com muita vontade de crescer e trabalhar". "Estava mostrando serviço no partido e a gente lamenta muito esse ocorrido. Eu desejo conforto para a família e que Deus reserve um bom lugar para ele", destacou.

O capitão Anderson Pereira foi candidato a deputado estadual nas eleições de 2018 e havia assumido no dia 17 de julho a presidência do diretório municipal do PSL em Teresina. Há duas semanas, o capitão esteve nos estúdios da O DIA TV falando sobre a indicação e posse no cargo de presidente do diretório municipal do partido e sobre as diretrizes de atuação da sigla para o pleito de 2020.

Na ocasião, o capitão destacou o desafio de assumir o comando da sigla na Capital e revelou os planos do partido a longo prazo. Segundo ele, o objetivo era consolidar o PSL como uma plataforma político-partidária com uma simbologia e uma identidade de partido oposicionista ao Governo do Estado e à Prefeitura de Teresina. 

Nas últimas eleições estaduais, o capitão obteve 10.295 votos totalizados (0,57% dos votos válidos) para o cargo de deputado estadual, mas não conseguiu ser eleito.

Confira a entrevista no Bom dia News:



Por: Nathalia Amaral, Sandy Swamy e Breno Cavalcante.

Deixe seu comentário